Clipping Cone Sul #16

Presidente argentino reconhece e lamenta aumento da taxa de pobreza.

Data: 28/09/2018

argentina

A decisão do presidente Macri de solicitar ajuda externa fez com que ocorresse inúmeras manifestações, principalmente após o anúncio do aumento do empréstimo argentino com o FMI (Fundo Monetário Internacional). As reinvindicações voltaram com força, tanto nas ruas de Buenos Aires, como em Nova Iorque, na porta da sede das Nações Unidas, enquanto o presidente discursava na 73ª Assembleia Geral da ONU. A indignação é fruto do aumento da pobreza no país para 27,3% no primeiro semestre de 2018, em comparação com 25,7% no período anterior, de acordo com os recentes dados do Serviço Público de Estatísticas. Em seu discurso, Mauricio Macri relembrou que ao iniciar o seu governo em 2015, a taxa de pobreza estava nos 32,2%, e que esse atual declínio inverteu “devido à crise”.

Fonte: EuroNews

Los agroquímicos matan cóndores en Argentina: Las organizaciones ecologistas denuncian la muerte de 23 ejemplares en las últimas semanas y 90 en un año y medio

Data: 31/10/2018

1540937383_010775_1540998297_noticia_normal_recorte1.jpg

Esta semana foi feito uma denúncia por parte das organizações ambientalistas, que registraram 90 mortes de pássaros da espécie de Condores andinos, em apenas um ano e meio na Argentina, ameaçando à sua extinção. Lembrando que a população de condores é de cerca de 6.700 em toda a América do Sul, distribuída ao longo da cordilheira desde a Venezuela até a Terra do Fogo, no extremo sul. O condor é uma bela ave que atrai muitos turistas para admirá-los, além de desempenhar um significativo papel na limpeza e prevenção de doenças na cadeia alimentar, posto que é uma espécie que se alimenta de animais mortos.

O motivo dessas mortes são os agroquímicos, usados normalmente pela indústria agrícola, que fazem uso de pesticidas e, também, de iscas tóxicas, por parte dos fazendeiros que procuram proteger seus rebanhos. Ambientalistas demandam providências a fim de uma solução para esse problema, pois acreditam ser necessário um acompanhamento dos agrotóxicos do produtor ao agricultor para evitar a utilização ilegal.

 

Fonte: ElPaís


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.