Clipping África Ocidental #109

Explosão de petroleiro em Serra Leoa deixa 98 mortos e dezenas de feridos.

Izabella Burjaily Lizardo.

Pessoas observam carros queimados na manhã de sábado (6) após a explosão, na sexta-feira (5), de um tanque de combustível em Freetown, capital de Serra Leoa. — Foto: Saidu Bah / AFP
Pessoas observam carros queimados na manhã de sábado (6) após a explosão, na sexta-feira (5), de um tanque de combustível em Freetown, capital de Serra Leoa. — Foto: Saidu Bah / AFP.

Em Freetown, capital de Serra Leoa, um petroleiro explodiu no dia 5 de novembro de 2021. De acordo com a Associated Press, uma agência de notícias americana, a causa do acidente foi a colisão de um veículo com um caminhão-tanque que transportava petróleo no subúrbio de Wellington. Deixando centenas de mortos e dezenas de feridos, essa tragédia no Oeste de África comoveu autoridades do mundo inteiro. O presidente da Serra Leoa, Julius Maada Bio, que estava na Escócia participando da COP26, lamentou a explosão em posts nas suas redes sociais. De acordo com as autoridades locais, os hospitais e os profissionais de gerenciamento e desastres trabalham incessantemente após a emergência.

Data: 06/11/2021. Fonte: G1 Mundo.

Link: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/11/06/explosao-de-petroleiro-em-serra-leoa-deixa-mortos-e-feridos.ghtml 

O país que virou ‘lixão’ de roupas de má qualidade dos países ricos.

Izabella Burjaily Lizardo

Mais de 15 milhões de roupas usadas chegam em Gana todas as semanas doada geralmente de países como China, Estados Unidos e da Europa. Muito do que é recebido são peças baratas e de má qualidade, herdadas do mercado do “fast-fashion”, de lotes muitas vezes danificados e não duráveis. Ainda que coletadas por revendedores, poucas pessoas querem comprar esses produtos, fazendo com que fiquem encalhados e sendo descartados em aterros já sobrecarregados, se tornando um problema ambiental.

Data: 14 de outubro de 2021. Fonte: BBC News Brasil

Link: https://www.bbc.com/portuguese/media-58911546 

Operação “Barkhane”: uma segunda base militar francesa transferida para o Mali.

Izabella Burjaily Lizardo.

Soldados franceses estão perto de um comboio de veículos blindados em 27 de março de 2019, durante o início da operação da força francesa “Barkhane” na região de Gourma, no Mali.
Soldados franceses estão perto de um comboio de veículos blindados em 27 de março de 2019, durante o início da operação da força francesa “Barkhane” na região de Gourma, no Mali. 
DAPHNE BENOIT / AFP.

Depois de terem transferido Kidal em meados de outubro, a base de Tessalit foi entregue ao exército do Mali pelas forças anti-jihadistas francesas nesta terça-feira (16 de novembro). De acordo com as autoridades, esta transferência foi gradual, controlada e coordenada de perto com a FAMA e com a Missão de Estabilização Integrada Multidimensional das Nações Unidas. 

Buscando a reestruturação das suas operações, o Estado francês planeja reorganizar o seu sistema militar para combater os jihadistas no Sahel, nomeadamente deixando as bases mais setentrionais do Mali (Kidal, Timbuktu e Tessalit) e planejando reduzir o seu pessoal na região até 2023. Desde o desentendimento entre Paris e Bamako no dia 25 de setembro, às relações entre a França e Mali deterioraram-se por um tempo, mas o exército francês insiste nas boas relações com as forças em Bamako e acredita que se encontram em um momento ideal para diálogo.

Fonte: Le Monde Afrique. Data: 16/11/21.

Link: https://www.lemonde.fr/afrique/article/2021/11/16/operation-barkhane-une-deuxieme-base-militaire-francaise-transferee-aux-maliens_6102298_3212.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.