Clipping África Oriental #20

Estação de tratamento solar de água é instalada na Somália para fornecer água potável para população vulnerável.

01/07/2022

Por Bárbara Stephany Ferreira Langamer

Aptech África encomendou recentemente uma estação de tratamento de água por osmose reversa movida a energia solar em Caynabo, na Somália. O projeto foi financiado pelo PNUD e beneficia a população total de Caynabo com cerca de 7.000 pessoas, bem como cerca de 3.000 pessoas de aldeias vizinhas. Antes do novo sistema, a população sofria com diversos problemas, inclusive de saúde, por falta de água. Os residentes tinham que caminhar até a cidade de Burco, cerca de 130 km de Caynabo, a trajetória era longa e muito cara para alguns, com custo-benefício muito baixo já que a água do poço que eles utilizavam contém muito sal e não é segura para beber.

Hiiran Online: Notícias e informações sobre a Somália

ONU denuncia aumento de abusos sexuais no Sudão do Sul

01/07/2022

Por Bárbara Stephany Ferreira Langamer

O chefe da Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul (UNMISS), Nicholas Haysom, denunciou os níveis crescentes de abuso sexual no país, apesar de uma diminuição geral nos casos relacionados à violência contra civis. O relatório apresentádo por ele aponta que os casos de violência sexual relacionada a conflitos mais que dobraram em relação ao ano passado. O Sudão do Sul vive uma guerra civil desde 2013 e tem contado com missões de paz para receber ajuda humanitária, sendo que em diversas regiões do país a população vive em condições precárias, sem acesso a alimentação e a saúde, reféns de milícias e da guerra que assola o país.

SudanTribune

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.