Clipping Chifre da África #18

Eritreia busca a paz no Chifre da África

Data: 11.08.2018

Eritreia e Djibouti assinaram um novo acordo de paz dia 6 de setembro, como uma iniciativa para promover o fim dos conflitos entre os componentes do Chifre da África. A Eritreia vem procurando se integrar mais a esse grupo de países, e por isso decidiu pôr um fim a um conflito militar de disputas de fronteiras com o Djibouti que vem acontecendo desde 2008 e já matou dúzias de soldados. Além disso, a Etiópia também procurou estreitar seus laços com a Eritreia, e ambos os países reabriram suas respectivas embaixadas em cada capital, após 20 anos sem manterem relações diplomáticas. As Nações Unidas saudaram essa nova estabilidade na região.

Fonte: Al Jazeera 

Ataques étnicos ocorrem nos arredores da capital da Etiópia.

Data: 16.09.18

Oficiais do governo etíope relataram a ocasião de ataques étnicos nos arredores da capital Addis Ababa, levando à morte de várias pessoas e outras centenas a fugirem de suas casas. Os autores dos ataques permanecem sem identificação, mesmo que a polícia já tenha prendido cerca de 70 suspeitos. Infelizmente, ataques étnicos acerca de território e recursos não são surpresa nessa nação que abarca quase 80 grupos étnicos diversificados e representam o maior desafio do governo do primeiro-ministro Abiy Ahmed Ali.

Fonte: Tesfa News

Companhia petroleira etíope cogita porto de Assab para importação de combustível

Data: 17.09.18

Alguns meses após a declaração de paz entre Eritreia e Etiópia, o próximo passo para cooperação entre os dois países é o setor econômico. Para 2019 a companhia petroleira EPSE (Ethiopian Petroleum Supply Enterprise) planeja importar parte da cota de importação de combustível etíope através do Porto de Assab na Eritreia. Antes dessa perspectiva de cooperação, a EPSE estava utilizando o Porto de Djibuti para importar 95% do produto. Contudo as variadas bases navais em Djibuti utilizam da mesma instalação de armazenamento de petróleo no país, o que sugere um problema de demanda e oferta que levou a companhia etíope a procurar um aliado na eritreia

Fonte: The Reporter Ethiopia

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.