Clipping Chifre da África #51

Sudão do Sul: O que está atrasando o governo de unidade?

Data: 12.11.2019

A constituição de um governo único envolvendo Salva Kiir e Riek Machar que seria formado em setembro deste ano foi prolongada por mais 100 dias após uma reunião mediada pelo presidente da Uganda, Yoweri Museveni. Os problemas envoltórios desse processo de negociação estão relacionados à falhas nos acordos de segurança, governança e integração de forças combatentes. Além disso, não ocorreu a união entre os soldados de Kiir e Machar que deveriam formar um exército nacional e, por fim, Kiir foi acusado pelos rebeldes de não cumprir com sua parte econômica para implementação do acordo.

Fonte: Al Jazeera

Chefe da ONU saúda decisão de adiar formação do governo de unidade no Sudão do Sul

Data: 12.11.2019

Após um encontro em Uganda, promovido pela Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento, o governo sul-sudanês e líderes da oposição concordaram em estender o prazo para a formação de um único governo em 100 dias. Segundo Farhan Haq, porta-voz de António Guterres , “o secretário-geral insta as partes a usarem essa extensão para avançar ainda mais em pontos críticos, incluindo acordos de segurança e o número e as fronteiras dos estados, para permitir a formação de um governo de transição inclusivo de unidade nacional.” A formação de um governo de unidade faz parte do acordo de paz assinado entre as partes em 2018, o qual procurou dar fim a uma guerra-civil que já dura 5 anos.

Fonte: UN

As pirâmides esquecidas do Sudão estão à espera de turistas.

Data: 18.11.2019

Apesar de não atrair olhares internacionais como a cultura faraônica, o Sudão também possui pirâmides antigamente usadas como túmulos dos integrantes da antiga família real da Núbia. Porém, enquanto o território sudanês recebeu 700 mil visitas com intuitos turísticos no ano passado, o Egito foi destino de férias para mais de 100 milhões de pessoas. Entre os motivos dessa diferença gritante estão a falta de infraestrutura, a dificuldade na aquisição de vistos e os sucessivos conflitos no território. Contudo, a queda do presidente Omar al-Bashir, após meses de protesto, trouxe uma nova esperança para o setor de turismo do Sudão bem como para a população de uma forma geral.

Fonte: TSF

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.