Clipping Grandes Lagos #50

COVID-19: África precisa de pelo menos US $ 100 bilhões em estímulo

16/04/2020

Com o quadro internacional de pandemia, a África apresenta atualmente mais de 10.000 casos confirmados de COVID-19 acompanhado de um número total de 520 mortos, segundo a Organização Mundial da Saúde. Diante disso, foi assinado um artigo por cerca de 18 líderes, no dia 15 de abril, discorrendo sobre a necessidade de um pacote de estímulo econômico de pelo menos US $ 100 bilhões com o objetivo de dar aos países africanos o espaço fiscal necessário para dedicar mais recursos de saúde pública ao coronavírus, além de buscar suavizar suas consequências econômicas e sociais. Mobilizam-se instituições como o Banco Mundial, o FMI, o Banco Africano de Desenvolvimento para revisar políticas de acesso e limitações de cotas e reforço ao Plano Global de Resposta Humanitária Covid-19 ao fornecer alimentos vitais e suprimentos logísticos às comunidades mais afetadas.

Fonte: New Times

xa-mobile-money-agent-and-his-clients-wear-facemasks-in-kigali-yesterday-craish-bahizi_0.jpg.pagespeed.ic.ySlt23THk6
Foto: New Times

Ruanda ordena o uso de máscaras em público

19/04/2020

Em Ruanda, o Ministro da Saúde, Dr. Ngamije, em concordância com o sucesso dos países que adotaram as recomendações da Organização Mundial da Saúde, introduziu mais uma medida diretiva de precaução aos cidadãos que obriga-os a usar máscaras faciais quando estão em casa e saem para serviços ou atividades essenciais. O ministro reiterou que as fábricas locais produzirão máscaras à um preço acessível de venda a fim de evitar a transmissão pela fala, tosse ou espirro assim como colocado pela OMS. Além do mais, Ruanda confirmou no sábado, 18 de abril, mais quatro casos de recuperação pelo COVID-19 apresentando, até o atual momento, nenhuma fatalidade relatada desde o surto.

Fonte: New Times

Todos os projetos destinados a coibir o COVID-19 devem ser apoiados, diz candidato independente. 

15/04/2020

Francis Rohero, candidato independente às eleições presidenciais de 20 de maio, defende o apoio e o incentivo do governo de Burundi, com seus parceiros técnicos e financeiros, à iniciativas e projetos destinados a conter os danos do Covid-19. De acordo com o candidato, as repercussões do Covid-19 pode ter consequências negativas na economia já vacilante, sendo vital a união dos burundianos na luta contra o vírus. Já foram confirmados cinco casos Covid-19 no Burundi além de uma morte em 12 de abril de acordo com o Ministério da Saúde Pública. O país adotou suspensão de voos, triagem e quarentena de viagens na tentativa de conter a propagação do vírus.

Fontes: IWACU news

Passageiros lavam as mãos antes de subir em motocicletas, o AMOTABU exige 

Data: 15/04/2020

Com cinco casos e uma morte, Burundi segue normalmente com suas atividades diárias, trabalhando, até o momento, com fechamento das fronteiras e aeroportos. Contudo são seguidas medidas recomendatórias da Organização Mundial da Saúde para a prevenção do Covid-19. Os motociclistas que trabalham como taxistas devem levar uma lata cheia de água e sabão para permitir a lavagem das mãos dos seus clientes. Tal medida foi introduzida pela Associação dos Motoristas de Táxi de Moto do Burundi em uma entrevista coletiva, em 14 de abril, a fim de combater a propagação da pandemia do coronavírus.

Fontes: IWACU news


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.