Clipping Chifre da África #86

Reprodução/Reuters

ATAQUE COM CARRO-BOMBA SUICIDA NA CAPITAL DA SOMÁLIA DEIXA AO MENOS OITO MORTOS

Por Maria Luiza Mendes, Henrique do Bonfim, Yasmin de Miranda, Julia Pena Bicalho e Bárbara Langamer em 25/09/2021

No último sábado (25) um ataque suicida próximo ao palácio presidencial na capital Mogadíscio, na Etiópia, matou ao menos oito pessoas, segundo a polícia local. O grupo terrorista Al-Shabab, que dominou a capital até 2011 e tem ligações com a Al-Qaeda, reconheceu a autoria do evento. O grupo ainda tem o controle de territórios na Somália e frequentemente vem lançando ataques contra o atual governo somali. O Al-Shabab tem o objetivo de derrubar o poder vigente e impor a sua versão da Lei Islâmica no país.  Segundo o porta-voz da polícia Abdifatah Aden Hassan disse que o número de mortos pode ser maior pois alguns mortos e feridos foram levados por suas famílias. A conselheira de assuntos femininos e direitos humanos do primeiro-ministro Mohamed Hussein Roble, Hibaq Abukar, está entre as vítimas do ataque. 

Fonte: CNN

PMA ENFRENTA CRISE SEM PRECEDENTES NA ETIÓPIA, COM 7 MILHÕES PASSANDO FOME

Por Bárbara Thaís Pinheiro Silva em 17/09/2021

A lacuna de US$ 426 milhões tem prejudicado as operações do Programa Mundial de Alimentos, PMA, na Etiópia; por conseguinte, mais de 13,6 milhões de etíopes enfrentam insegurança alimentar devido aos efeitos prolongados da seca, das cheias, das invasões de gafanhotos, da alta do preço nos alimentos e da pandemia de Covid-19.  Além disso, a situação agrava-se com o número elevado de deslocados internos no país, ultrapassando 300 mil. No início do mês de setembro, o PMA iniciou a entrega de assistência alimentar de emergência para comunidades que vivem na fronteira com Tigray. Em coordenação com o Governo da Etiópia, a agência planeja entregar comida imediatamente para 530 mil pessoas em Afar e para 250 mil em Amhara.  

Fonte: News UN

CRISE EM TIGRAY: ETIÓPIA DEFENDE RESPOSTA AFRICANA NA ONU

Por Maria Luiza Mendes em 26/09/2021

Em um discurso durante a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) no último sábado (25), em Nova Iorque, o vice-primeiro-ministro etiope, Demeke Mekonnen, defendeu a conduta do seu país no conflito que já dura aproximadamente 10 meses na região de Tigray. “As receitas e medidas punitivas nunca ajudaram melhorar as situações ou as relações [num conflito]”, disse o vice-primeiro-ministro, após 10 dias em que os Estados Unidos anunciarem impor sanções contra o primeiro-ministro etiope Abiy Ahmed e a outros lideres, caso não tomem medidas em breve para parar os combates naquela região. A missão dos Estados Unidos nas Nações Unidas não respondeu aos jornalistas sobre o ocorrido.

Fonte: DW

CAPITAL DA SOMÁLIA TEM ‘NOITE HISTÓRICA’ COM PRIMEIRA EXIBIÇÃO DE FILME EM 30 ANOS

Por Maria Luiza Mendes em 23/09/2021

Os moradores da capital da Somália, Mogadíscio, assistiram na última quarta-feira (23) a primeira projeção de cinema em 30 anos, sendo um grande evento cultural e com regras rígidas de segurança. A capital do país já teve vários cinemas, mas devido a guerra civil que eclodiu na década de 1990, os cinemas foram fechados e sendo alvos para ataques suicidas. O evento ocorreu sem nenhum incidente de segurança.

Disponível em: G1

SOMALIA ACUSA DJIBOUTI DE DETER CONSELHEIRO DE SEGURANÇA NACIONAL

Por Maria Luiza Mendes em17/09/2021

O presidente da Somália, Mohamed Abdullahi, acusou Djibouti de deter ilegalmente o conselheiro de segurança nacional, peça principal no conflito com o primeiro-ministro Mohamed Hussein Roble. O escritório de Mohamed, popularmente conhecido como Farmaajo, afirmou em um comunicado na última sexta feira (17) que o país havia prendido ilegalmente Fahad Yasin e outros funcionários somalis no principal aeroporto internacional do país, impedindo-os de viajar de volta para a capital da Somália. O ministro das Relações Internações de Djibouti rejeita as alegações de intromissão nos assuntos somalis em meio do crescimento do conflito entre o primeiro-ministro e o presidente.A linha transfronteiriça surgiu horas após em que os líderes dos cinco estados semi autônomos da região da Somália pediram ao primeiro-ministro Mohamed Hussein Roble e Farmajo resolvessem suas diferenças através da mediação.

Disponível em: Al Jazeera

ERITRÉIA CONDENA O APOIO DOS ESTADOS UNIDOS E DE SEUS ALIADOS EUROPEUS AOS REBELDES TIGRAY NA ETIÓPIA

Por Henrique do Bonfim em 28/09/2021

O ministro de Relações Exteriores da Eritreia, Osman Salih, acusou os Estados Unidos e seus aliados europeus de defenderem atos de insurreição do povo Tigray, após a eclosão da guerra civil em novembro do ano passado. A declaração do ministro eritreu foi feita na Assembleia Geral das Nações Unidas, sediada em Nova Iorque, por meio de uma mensagem pré-gravada. Por sua vez, os Etíopes também condenam os estadunidenses por delimitarem a ajuda econômica e humanitária na região. Ainda assim, Joe Biden ameaçou novas sanções aos indivíduos que estejam dificultando o cessar-fogo e a chegada de ajuda.

Fonte: African News

CESSAR-FOGO NO TIGRÉ MAIS URGENTE DO QUE NUNCA: CHEFE HUMANITÁRIO DA ONU 

Por Yasmin de Miranda em 28/09/2021

Com o combate entre o governo central e a Frente de Libertação do Povo Tigré (em inglês, TPLF) perdurando por aproximadamente oito meses, o subsecretário-geral da ONU para Assuntos Humanitários, Martin Griffiths, reitera a necessidade do fim do conflito para  que o acesso à ajuda humanitária seja viabilizado na região etíope. Mesmo com o cessar-fogo anunciado pelo premier Abiy Ahmed, Griffiths alerta para as mais de 400.000 pessoas que estão em situação de fome em decorrência de consecutivos ataques a infraestruturas agrícolas e centros de saúde. Ademais, a urgência do fim da guerra também se relaciona com a difícil situação dos refugiados eritreus que vêm sendo alvo dos dois lados do conflito. O relator especial da ONU para a Eritreia, Mohamed Abdelsalam Babiker, alega que recebeu várias denúncias de sérias violações dos direitos humanos contra esta população atualmente presa na região do Tigré.


Fonte: ONU News


ERITREIA: PROJETOS DE CONSERVAÇÃO HÍDRICA NA ERITREIA 

Por Yasmin de Miranda e Julia Pena Bicalho em 28/09/2021

Apesar do clima extremo do país, os esforços para a conservação de água na Eritreia estão sendo desenvolvidos sob uma expectativa otimista, com projetos que priorizam a criação de várias barragens ao redor das três zonas de desenvolvimento do país. A partir da construção destas, é visado o incentivo a atividades como pesca, pecuária e, especialmente, agricultura, buscando aumentar a produtividade geral de tais práticas e a atenuação da pobreza nas zonas rurais. O esforço do governo em implementar estas medidas também está relacionado com o cumprimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, acordados entre vários líderes mundiais na sede da ONU em 2015, que possuem como propósito a erradicação da pobreza e da fome no mundo. 


Fonte: All Africa

SUDÃO SOFRE TENTATIVA DE GOLPE DE ESTADO, DIZEM AUTORIDADES

Por Julia Pena Bicalho em 29/09/2021

Autoridades sudanesas disseram ter frustrado uma tentativa de golpe de estado nesta terça-feira (21). Os autores seriam apoiadores do presidente deposto Omar al-Bashir, que teria tentado, sem obter êxito, minar a revolução que o tirou do poder em 2019 e iniciou uma transição para a democracia no país. A tentativa de golpe foi planejada por pessoas dentro e fora das forças militares, levando às primeiras prisões dos que estavam no meio de tal complô, disse o primeiro-ministro Abdalla Hamdok em uma declaração televisionada.

FONTE: CNN Brasil

DELEGADOS ELEITORAIS DA SOMALILÂNDIA VÃO ELEGER SEIS SENADORES HOJE

Por Julia Pena Bicalho em 29/09/2021

Delegados eleitorais das regiões do norte da Somalilândia devem eleger seis senadores para a Câmara Alta do Parlamento da Somália na quarta-feira. A Comissão Eleitoral da Região Norte anunciou os nomes dos candidatos que concorrem a seis dos 11 assentos na Câmara Alta das regiões do Norte da Somalilândia.

Fonte: All Africa

DJIBOUTI NEGA RUMORES SOBRE A SAÚDE DO PRESIDENTE GUELLEH

Por Julia Pena Bicalho em 15/09/2021

Djibouti negou reportagens nas redes sociais sobre a saúde do presidente Ismail Omar Guelleh. Nos últimos dias, surgiram relatos nas redes sociais de que o presidente Guelleh está em estado crítico e foi levado de avião para a França.

Fonte: All Africa

GRUPO DE REBELDES DA ETIÓPIA É ACUSADO DE DESTRUIR INSTALAÇÕES DE SAÚDE NO PAÍS

Por Italo Oliveira em 28/09/2021

O conflito na região norte da Etiópia iniciado há cerca de 10 meses promove danos irreparáveis ao país, havendo a destruição de comunidades inteiras, das fontes de comunicação e das estruturas básicas de sobrevivência, incluindo assim, hospitais, clínicas e centros de tratamento de saúde. Dessa maneira, o governo da Etiópia atribui os ataques a um grupo rebelde no país associado a denominada Frente de Libertação do Povo Tigré, em inglês Tigray People’s Liberation Front (TPLF), cujos possíveis atos intensificam a gravidade humanitária do conflito na região. Dados reportados pelo governo do país indicam que cerca de 1,9 milhão de pessoas na região de Amhara e Afar, ambas no norte do território, não possuem acesso a qualquer tipo de tratamento de saúde após a destruição em massa dos hospitais e dos centros de saúde. Somando-se à discussão, a ministra de saúde Lia Tadesse estima que cerca de 20 hospitais, 277 centros de saúde e 1.162 postos de saúde foram completamente destruídos apenas na região de Amhara. Na região de Afar, a ministra estima que 10 centros de saúde, 38 postos de saúde e um hospital foram destruídos supostamente pelo grupo. Contudo, apesar das repetidas acusações por parte do governo, o grupo ainda não pronunciou-se a respeito do tema.Instalações de saúde e de demais recursos do país contribui para um acirramento das condições humanitárias para a população, a qual constituía-se, anteriormente ao conflito como uma questão de extrema relevância, dado o subdesenvolvimento e a necessidade de ampliação e melhoria na infraestrutura do país.

Fonte: ETHIOPIAN rebels accused of destroying health facilities. BBC News UK, [S. l.], p. 1, 22 set. 2021. Disponível em: https://www.bbc.com/news/topics/cwlw3xz047jt/ethiopia. Acesso em: 28 set. 2021.

CENTENAS DE CAMINHÕES DE APOIO ENVIADOS A TIGRAY NÃO RETORNARAM, APONTA A ONU

Por Italo Oliveira e Henrique do Bonfim em 28/09/2021

A partir de 12 de julho deste ano, cerca de 445 caminhões de apoio foram enviados à região de Tigray, na Etiópia, com o intuito de minimizar os impactos causados pelo conflito no local. Estimativas da Organização das Nações Unidas (ONU) calculam que cerca de 350.000 pessoas no Tigray enfrentam condições alarmantes de fome e insegurança alimentar. Entretanto, com o envio de 445 caminhões  para a região e com o retorno de apenas 38 destes, a ONU afirma que o desaparecimento é, em suas palavras, o “impedimento primário” para a ampliação da resposta humanitária e ao auxílio das organizações não-governamentais no local. O Programa Mundial de Alimentos, em inglês World Food Programme (WFP), da ONU, discute a necessidade de articular programas de apoio à população de Tigray, receosos de possíveis mortes causadas pela fome, dado o vertiginoso avanço nos índices de desnutrição no local. Porém, a porta-voz do programa WFP, Gemma Snowdon, esclarece em uma declaração que o não regresso dos caminhoneiros e a carestia de informações acerca dos mesmos têm dificultado a implementação e continuidade de suporte ao local, em virtude da falta de caminhões e do risco de desaparecimento. Em relação às razões pelas quais os caminhões não retornaram, há a compreensão de abordagens distintas. Em primeiro lugar, as autoridades da Etiópia e as forças rebeldes do Tigray culpam-se mutuamente, ambas apontando a possível obstrução da ajuda humanitária com destino ao local. Em segundo lugar, em uma conta oficial do Twitter do governo houve uma postagem referindo-se à possível apreensão de caminhões pelo grupo Frente de Libertação do Povo Tigré (TPFL), sob a justificativa do cumprimento de seus próprios objetivos. Entretanto, em resposta às acusações o porta-voz da TPFL, Getachew Reda, por sua vez, afirma que os caminhoneiros enfrentam diversos obstáculos e constrangimentos no percurso, incluindo problemas relativos à falta de combustível e assédio, isentando assim, a responsabilidade do grupo nos respectivos desaparecimentos. Temendo a piora da situação, o governo da Etiópia diz que reduziu o número de checkpoints de inspeção de 7 para 2, para que o fluxo de ajuda humanitária aumente no norte do país, embora ainda venha resistindo com a revolta instaurada na região.

Fonte:

HUNDREDS of aid trucks have failed to return from Tigray, UN says. AlJazeera, [S. l.], p. 1, 17 set. 2021. Disponível em: https://www.aljazeera.com/news/2021/9/17/hundreds-aid-trucks-not-returned-ethiopia-tigray-un. Acesso em: 28 set. 2021.

CERCA DE 500.000 PESSOAS NO SUDÃO DO SUL AFETADAS POR INUNDAÇÕES

Por Italo Oliveira em 21/09/2021

Cerca de 500.000 pessoas foram afetadas por inundações no Sudão do Sul, em especial a seis regiões do país, segundo dados apontados pela Organização das Nações Unidas (ONU). Dentre as principais áreas afetadas destacam-se Jonglei, Equatoria Ocidental, Warrap, Northern Bahr El- Ghazal. Além disso, duas das principais áreas de produção de óleo no norte do país foram afetadas,  Unity e Upper Nile, promovendo certamente graves danos à produção e à economia das mesmas. Desde maio deste ano, os constantes alagamentos fizeram com que cerca de 426.000 pessoas fossem afetadas e deslocadas de seus locais de moradia, recorrendo a abrigos comunitários, como escolas e igrejas. Desta maneira, a ONU aponta a necessidade do país de recursos, suprimentos alimentícios e de saúde. A antecipação de chuvas sazonais e por consequência o transbordamento do Rio Nilo têm sido apontados como razões pelas constantes inundações e perdas da população em geral.

Fonte:

MANDIT, Nichola. Nearly 500,000 South Sudanese affected by floods – UN. BBC News UK, Juba, p. 1, 21 set. 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.