Clipping África Austral #103

Comunicado da Cúpula Extraordinária Virtual dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral

 12/04/2022

No dia 12 de abril, líderes da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) se reuniram na Cúpula Extraordinária Virtual dos Chefes de Estado e de Governo para discutir os rumos  da Missão da SADC em Moçambique (SAMIM), que atua no conflito na província de Cabo Delgado. Na reunião foi aprovada a passagem do Cenário 6 da missão, Capacidade de Desdobramento Rápido, para o Cenário 5, Força Multidimensional, que estabelece um mandato robusto. A Cúpula ainda orientou o Chefe de Missão para que, em colaboração com a República de Moçambique, coordene a implementação do Plano de Reconstrução e Desenvolvimento Integrado de Cabo Delgado.

Fonte: Southern African Development Community (SADC)

 África do Sul estende missão contra rebeldes moçambicanos

13/04/2022

O chefe militar da África do Sul alertou que os terroristas de Moçambique devem ser tratados antes que o problema se espalhe ainda mais, dessa forma, decidiu aumentar o número de tropas enviadas que devem lutar agressivamente a partir de agora contra os rebeldes extremistas islâmicos. As tropas sul-africanas integram a missão da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) (SAMIM), de 16 nações, que atuam com objetivo de apoiar Moçambique na luta contra o jihadismo no norte do país, iniciada em julho de 2021. Além dos países da região sul, a missão conta com a presença de tropas vindas de Ruanda, Congo e Tanzânia.

Fonte: Africanews

Inundações na África do Sul: pelo menos 300 mortos na pior chuva desde 60 anos

14/04/2022

Os países vizinhos da África do Sul sofrem com tais desastres vindos da chuva todos os anos, mas para o país mais industrializado do continente foi uma extrema surpresa desagrável. O presidente sul-africano chamou de “uma catástrofe de enormes proporções”, enquanto visitava sobreviventes na cidade de Durban, que foi afetada por deslizamentos de terra e enchentes devido às maiores chuvas já registradas em 60 anos. Mais chuvas estão previstas para o fim de semana e toda a província de Kwazulu-Natal, incluindo Durban, foi declarada área de desastre.

 Fonte: Africanews

 Como a inundação na África do Sul está despertando a narrativa sobre mudanças climáticas

Imagem: Containers desordenados pela enchente no sul de Durban

Fonte: Copyright © africanews
AP/Copyright 2022 The Associated Press.

 14/04/2022

 Segundo o presidente sul-africano Ramaphosa, o desastre ocorrido na província de Durban, afetada por grandes inundações, tem ligação direta com as mudanças climáticas. Enquanto líderes mundiais tentam encontrar soluções para o problema, existe uma escola de pensamento que diz que não é possível resolver esse tipo de situação. Um bolsista de pesquisa na área desenvolve um estudo que mostra a real solução: o mundo deve escolher entre uma economia saudável e um meio ambiente saudável, levantando pontos que mostram como a tentativa de um país de resolver mudanças climáticas afeta grandemente sua economia.

Fonte: Africanews

Zâmbia quer melhorar o comércio, as relações de investimento com os vizinhos

 14/04/2022

Nesta quinta-feira(14/04), em Lusaka, Chipoka Mulenga, o ministro do comércio, negócios e indústria, se encontrou pela manhã com o ministro do comércio angolano, Victor Fernandez. O encontro teve a intenção de debater propostas para cooperação bilateral e procurar alternativas para destravar comércio e desenvolvimento industrial  entre ambos os países.  O governo de  Zâmbia, sofreu com os impactos da pandemia de covid-19, no sentido da dependência de suprimentos europeus, observando o ocorrido, o governo zambiano procura fortalecer as relações entre os países vizinhos, visando diminuir a dependência dos países do norte global. A partir disso, a Zâmbia prospecta em Angola uma forte aliada, devido ao grande potencial econômico e as riquezas naturais angolanas. Sendo assim a ideia é agradável ao governo angolano, Victor disse que o país investirá em 5 ou 6 empresas no país vizinho, e também deseja implementar outros acordos assinados no passado. Atualmente, o comércio entre os dois países é equivalente a uma média de 5 milhões de dólares por ano.

Fonte: Lusaka Times

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.