Clipping África Austral #121

Violência jihadista em Moçambique se espalha apesar do esforço militar

16/10/2022 

Fugindo de decapitações, tiroteios, estupros e sequestros, quase 1 milhão de pessoas estão deslocadas pela insurgência extremista islâmica no norte de Moçambique. A onda de 5 anos de violência jihadista na província de Cabo Delgado matou mais de 4.000 pessoas e arruinou investimentos internacionais no valor de bilhões de dólares. No entanto, no entanto, funcionários do governo na capital, Maputo, dizem que a insurgência está sob controle e incentivam os deslocados a retornarem às suas casas e as empresas de energia a retomarem seus projetos. Assim, o exército e as forças policiais de Moçambique, apoiados por tropas de Ruanda e apoio de uma força regional da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, conseguiram conter a rebelião extremista, dizem as autoridades. Por fim, ressalta-se que o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) disse que “considera as condições de segurança demasiado voláteis em Cabo Delgado para facilitar ou promover o regresso à província”, num comunicado divulgado no início deste mês.

Fonte: G1

A Zâmbia foi convidada para o African Investments Forum and Awards, que será realizado em Paris.

19/10/2022

Nesta quarta-feira, a Leaders League, uma empresa internacional com sede na França projetada para unir os mercados mundiais, convidou a Zâmbia para participar do Africa Investments Forum and Awards, que será realizado em Paris, França.O evento está previsto para acontecer no dia 7 de fevereiro de 2023, o Fórum reunirá executivos de negócios de toda a África, Europa, tomadores de decisão e fornecedores de soluções interessados ​​em fazer parcerias juntos.O gerente regional da Leaders League, Jean Salager, diz que o fórum será uma oportunidade para a Zâmbia criar redes, parcerias e atrair investidores para estabelecer negócios na Zâmbia. O Sr. Banda disse que a Zâmbia espera participar no fórum, pois o país precisa de tais atividades de desenvolvimento para fazer crescer a economia em benefício do povo. “Nosso país está no caminho certo para se desenvolver, nós realmente queremos participar desses fóruns de desenvolvimento e aproveitar todas as oportunidades para nos permitir obter o desenvolvimento de que precisamos”, disse Banda.

Fonte: Lusaka Time

Como legalização da maconha na África do Sul está excluindo produtores Tradicionais

Imagem 1: Pequenos cultivadores de cannabis dizem ter sido prejudicados com nova legislação da África do Sul

Fonte: Vumani Mkhize/BBC Africa Business, Umthatha

24/09/2022

A cannabis, coloquialmente conhecida como “umthunzi wez’nkukhu”, ou “sombra de galinha”, é uma parte intrínseca de muitas comunidades rurais em Pondoland do Cabo Oriental e uma fonte vital de renda. Nesse sentido, a cannabis é meio de subsistência dessa população, não há outros empregos na região, como declarou um morador local. Existem mais de 900 mil pequenos agricultores nas províncias de Cabo Oriental e KwaZulu-Natal que cultivam cannabis há gerações. Desse modo, uma decisão judicial em 2018 descriminalizou o uso privado, posse e cultivo de cannabis, com o objetivo de explorar a indústria multibilionária global de cânhamo e cannabis, com potencial para criar 130 mil empregos muito necessários. Desse modo, essa notícia configura-se importante para o cenário internacional, visto que a discussões sobre descriminalização de cannabis estão presentes nas agendas de diversos Estados.

Fonte: BBC

Moçambique e Emirados fazem acordo para a troca de informações, com objetivo de lutar contra o terrorismo.

26/10/2022

Nesta quarta-feira, os governadores de cada país se encontraram para tratar de assunto que afeta ambos os países, o Terrorismo. A troca de informações foram baseadas na área militar e no setor de segurança pública. Tais instrumentos são mais uma ação do Governo de Moçambique no reforço da sua capacidade, para lidar com o grupo extremista que tem estado a desestabilizar a província de Cabo Delgado. Segundo o Presidente da República, Filipe Nyusi, os Emirados Árabes Unidos localizam-se numa região caracterizada pela emergência de vários grupos extremistas e, por isso, acumula experiências e informações sobre como atuam e como deve uma nação organizar-se, para que não seja alvo desses eventos. 

Fonte: Notícias MMO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.