Clipping África Austral #10

Partidos que não ouçam o povo serão penalizados nas autárquicas

Data: 13 de Abril de 2018

Abel Chivukuvuku, líder da Convergência Ampla de Salvação de Angola — Coligação Eleitoral (CASA-CE), que é o segundo maior partido de oposição da Angola, em visita ao município do Cazenga, para denunciar a queda de uma ponte em fevereiro e a inação das autoridades locais, disse que “As forças políticas que não ouvirem a voz dos cidadãos, que não estiverem ao lado dos cidadãos, que não estiverem atentas às vontades dos cidadãos serão penalizadas”, em referência às primeiras eleições autárquicas marcadas para 2020.

Fonte: Observador

 

Secretário executivo da SADC encontra o Diretor de Coordenação para Integração Regional para Suporte na Redução de Riscos de Desastres

Data: 13 de Abril de 2018

A Secretária Executiva da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) Sua Excelência Dr. Stergomena Lawrence Tax em 11 de abril de 2018 reuniu-se com o Diretor de Coordenação para Integração Regional do Banco Mundial na África Oriental e Austral, Paul Noumba Um. Além de expressar gratidão ao Sr. Noumba Um pelo apoio aos esforços da SADC na redução do risco de desastres e mitigar o impacto do clima, alteração proposta no projecto de Acordo de Subvenção sobre Redução do Risco de Catástrofes (DRR), a secretária executiva ainda se atentou para a necessidade da continuação da cooperação entre o Banco e a Comunidade, de forma que garanta boa relação custo-benefício, impacto demonstrável e alinhamento às prioridades da SADC, conforme exposto no Plano Estratégico Indicativo de Desenvolvimento Regional e outros Quadros estratégicos da SADC.

Link: SADC

 

Zâmbia está sendo acusada de esconder débitos

A Zâmbia está sendo acusada de não revelar o verdadeiro montante de dívida externa que possui. Há um clima de desconfiança e que possa estar ocorrendo o mesmo que havia acontecido com Moçambique, que escondeu o valor da sua dívida e se encontra em crise econômica profunda. Zâmbia declara que possui $8.7 milhões de dólares em dívidas mas a suspeita é de que seja o dobro do valor admitido pelo governo.

Link: News24

 

A Rodésia está morta, mas Supremacistas Brancos têm dado a ela uma nova vida online

Data: 10 de Abril de 2018

A Rodésia foi um Estado não reconhecido que situava-se no Sul da África durante a Guerra Fria, compreendeu a região atualmente conhecida como Zimbabwe. O regime de forças especiais do Exército da Rodésia lutou contra os exércitos insurgentes na Guerra de Bush para manter o domínio das minorias brancas sobre o território. No final de 2017 a imagem de dois escoteiros rodesianos começou a circular no Instagram, gerando série de movimentos que chamou a atenção de profissionais que começaram a vender camisetas, cartazes e adesivos com o tema do antigo Estado – e a história do país que outrora não houve um lamento pelo seu desaparecimento foi tomando espaço.

Fonte: The New York Times


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.