Clipping Chifre da África #26

Adolescente sul-sudanesa é vendida no Facebook

Data: 14.11.2018

Os pais de uma adolescente de 17 anos fizeram um leilão por meio de uma Live, no Facebook, tendo como objetivo a venda de sua filha como noiva. A menina foi comprada por um rico empresário, que deu como lance 500 vacas, três carros e o equivalente a 37 mil reais. Houve ainda um lance de um político do país, um vice-governador de um estado ao leste. Apesar de a ação ter chocado a mídia ocidental, a pratica do casamento infantil é comum e recorrente ´não só neste, mas em diversos países africanos. De qualquer forma as contas da família foram banidas do Facebook.

Fonte: Extra/Globo

Sudão do Sul libera incentivos buscando por investimentos

Data: 22.11.18

O Sudão do Sul está procurando seu primeiro grande investimento estrangeiro desde o fim de sua guerra civil, mas está enfrentando resistência das grandes empresas, que querem uma garantia de que o acordo de paz sudanês será mantido. Com os cinco anos de conflito, o Sudão do Sul chegou a perder aproximadamente 4 bilhões de dólares americanos e, então, agora deseja aumentar suas exportações de petróleo, visto que o país possuir o terceiro maior reservatório de petróleo da África. Para que isso ocorra, o governo está oferecendo incentivos aos investidores, como isenção de impostos de 10 anos.

Fonte: NY Times

Traumas de cura no Sudão do Sul por meio de programas de saúde mental

Data: 26.11.2018

A guerra civil no Sudão do Sul iniciada em 2011 – tem contribuído para acentuar os problemas psicológicos de saúde mental dos civis em que o bem-estar mental tem efeito severo. De acordo com os estudos realizados pela Sociedade de Direito do Sudão do Sul (SSLS) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) quase 41% das pessoas entrevistadas mostraram sintomas de transtorno de estresse pós-traumático (PTSD). E com a questão do conflito, os recursos de saúde mental estão em falta no país. Para tentar superar o sofrimento e os traumas provocados pelo conflito, muitos sul-sudaneses são auxiliados por workshops e programas organizados pela USAID, a World Vision ou uma igreja local.

Fonte: Al Jazeera


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.