Clipping Grandes Lagos #47

 

part-nic-nic6463396-1-1-0

Fonte: RFI

5.000 mortos na República Democrática do Congo com epidemia de sarampo: ‘a maioria é de crianças’

Data: 28/11/2019

Cinco mil pessoas morreram de sarampo na República Democrática do Congo desde janeiro, no que se tornou o maior surto da doença no mundo, afirma a Organização Mundial da Saúde. Em 17 de novembro, havia sido registrado um total de 250.270 casos de sarampo, incluindo 5.110 mortes – mais do que o dobro do número de vítimas da epidemia de Ebola no país. As crianças com menos de cinco anos sofrem o maior impacto da epidemia no Congo, pois representam 90% das mortes. “Enquanto o surto de Ebola, que já matou mais de 2.000 vidas no leste da RDC, exigiu atenção internacional constante, o sarampo, que já matou mais de duas vezes mais vidas, continua sendo subnotificado”, disse Edouard Beigbeder, da Unicef.

Fonte: RFI

Lideranças femininas expressam preocupação com casos crescentes de ‘feminicídio’

Data: 26/11/2019

Uma seção de mulheres parlamentares e em posições influentes condenou as tendências crescentes de violência contra mulheres e crianças no Quênia. A Comissária da Comissão Nacional de Gênero e Igualdade (NGEC), Priscilla Nyokabi, disse que as mulheres estão profundamente preocupadas com os crescentes níveis de insegurança nos lares, locais de trabalho e relacionamentos. Além disso, Nyokabi afirma que incidências de violência contra mulheres foram testemunhadas também no parlamento. A violência de gênero é praticada de várias formas, incluindo a Mutilação Genital Feminina, casamentos precoces, gestações precoces, estupro e violação de direitos autorais.

Fonte: Kenya News

Peace Building em Marsabit ganha impulso

Data: 01/12/2019

As agências doadoras e o governo queniano organizaram no sábado (30/11/2019) uma reunião de sensibilização à paz para as comunidades que vivem no Condado de Marsabit como parte do Programa de Paz Transfronteiriça Etiópia-Quênia. A reunião realizada na escola secundária Moi viu a União Européia (UE), através do PNUD, distribuir dividendos tangíveis pela paz aos moradores de Marsabit, numa tentativa de fortalecer a unidade e a coesão. Ademais, outras intervenções para a subsistência foram planejadas, que incluem um centro de treinamento em informática para jovens, um instituto de alfaiataria, irrigação em pequena escala, instalação de equipamentos de resfriamento de leite e treinamento de pequenos empresários.

Fonte: Kenya News


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.