Caracterização África Ocidental – Burkina Faso

A Burkina Faso é um dos Estados que compõe a África Subsaariana, estando localizado na África Ocidental. Faz fronteira com a Costa do Marfim, Gana, Benin, Togo, Mali e Niger. Tem como capital a cidade Ouagadougou, com população de cerca 17,4 milhões, segundo o FMI em 2012 (CEDEDAO). Possui como regime político uma República Presidencialista, em que o chefe de Estado é Roch Marc Christian Kabore (BRASIL, 2019).

Imagem relacionada

O país, antiga colônia francesa, tornou-se independente em 5 de agosto de 1960, tendo como idioma oficial o francês. No entanto, cerca de 90% da população também é fluente em línguas nativas de origem sudanesa. O país é marcado por uma grande diversidade de grupos étnicos, sendo os principais: Mossi (52%), Fulani (8,4%) e o Gurma (7%). Além disso, tem como religiões predominantes o islamismo (61,5%) e o catolicismo romano (23,3%) (CIA, 2019).

A Burkina Faso apresenta três zonas climáticas; um clima tropical semiárido, uma savana tropical e uma área de deserto na região norte, fronteira com o deserto do Saara. Tem relevo predominantemente composto por planícies. O país não possui domínios marítimos e tem 19,6% do seu território composto por florestas, segundo os dados de 2016, além disso, é signatário de diversos acordos que garantem a preservação da biodiversidade, como o Acordo de Paris, leis marítimas e de espécies ameaçadas (CIA, 2019).

No âmbito econômico, o PIB nominal de 10,27 bilhões de dólares, é constituído em grande parte pelos setores de serviços e agrícola, que representam respectivamente 42% e 35% do PIB. Além disso, possui diversos recursos naturais disponíveis como ouro, manganês, zinco, mármore, etc. É um grande exportador de produtos têxteis e é conhecido internacionalmente como um bom administrador de recursos recebidos por outros países. No entanto, segundo a ONU, a Burkina Faso possui uma alta taxa de analfabetismo, que chega a 71%, e altos índices de miséria, sendo que cerca de 47% da população se encontra abaixo da linha da pobreza (BRASIL, 2019).

Resultado de imagem para burkina faso

Nesse contexto, além de tais dificuldades enfrentadas pelo governo do país, o mesmo ainda se encontra vulnerável em meio a diversas tensões que se dão na região da África Ocidental. A ação de grupos terroristas, grupos de tráfico humano e diversos conflitos internos intensificam a dura realidade das populações que vivem, não apenas na Burkina Faso, mas em diversos Estados da região da África Ocidental, como o Mali e o Niger. Esse cenário dificulta a atuação do governo local e prejudica a população que convive cotidianamente com tal situação (CIA, 2019).

Escrito por Giulia Schettini

FONTES:

BRASIL. Ministério das Relações Exteriores, Departamento de Promoção Comercial e Investimentos.  Divisão de Inteligência Comercial. Acesso em: 22 de set. 2019. https://investexportbrasil.dpr.gov.br/arquivos/Publicacoes/ComoExportar/GNBurkinaFaso.pdf .

COMUNIDADE ECONÔMICA  DOS ESTADOS DA ÁFRICA OCIDENTAL (CEDEDAO). Informações básicas, Burkina Faso. https://www.ecowas.int/estados-membros/burkina-faso/?lang=pt-pt

FOLHA DE SÃO PAULO. Mapas: Região da África Subsaariana. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u90202.shtml

CENTRAL INTELLIGENCE AGENCY (CIA). The World Factbook. 2019. Disponível em: https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/uv.html


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.