Clipping Países Andinos #58

Ex-presidente do Equador, Rafael Correa (2007-2017) é condenado a oito anos de prisão por corrupção

Data: 14\04\2020

Em meio ao grave cenário suscitado pela pandemia do novo coronavírus – o Equador tem hoje a maior taxa de mortalidade na região –, um tribunal de primeira instância do país condenou o ex-presidente equatoriano Rafael Correa (2007-2017), hoje exilado na Bélgica, e ex-vice presidente Jorge Glas a oito anos de prisão por corrupção cada. Em um período marcado por práticas de centralização de poder, Correa é reconhecido por liderar a Revolução Cidadã, um período que presenciou o grande avanço do bem-estar da parcela mais vulnerável da população do país e do retorno de certa estabilidade institucional no país [1]. A sentença também alcança outros 19 funcionários e empresários acusados de envolvimento em uma rede de propina que financiou as campanhas eleitorais de Corrêa e outros parlamentares locais no pleito de 2013. O esquema de corrupção foi inicialmente investigado pela reportagem Odebrecht y otras multinacionales pusieron presidente en Ecuador, publicada no portal Mil Hojas.

Fontes: Giro Latino; El Universo; Mil Hojas

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.