Clipping África Ocidental #83

Ex-presidente da Mauritânia é liberado da custódia policial.

Após ser questionado pela polícia de Mauritânia por suspeitas de corrupção, Mohamed Ould Abdel Aziz é liberado e tem seu passaporte confiscado pelo governo. O ex-presidente esteve sob custódia policial desde o dia 18/08 e agora está restrito de deixar a capital Nouakchott.

As investigações quanto aos crimes supostamente cometidos pelo presidente iniciaram logo após o fim de seu mandato, em 2019. Fraudes em relação à propriedades e a forma como as relações com empresas estrangeiras de petróleo se deram estão sendo analisadas.

Silvia Castro. Fonte: Africa News. 25/08/20.

Guiné-Bissau prolonga estado de emergência por mais 15 dias.

Com o objetivo de defender a saúde pública, o presidente de Guiné-Bissau Umaro Sissoco Embaló, prorrogou o estado de emergência declarado em decorrência do COVID-19 até o dia 08/09, uma vez que, as medidas tomadas pelo governo não atingiram os objetivos esperados de limitar os impactos da pandemia na economia e em outros setores no país. Além disso, o presidente levou em conta o relatório do Alto Comissariado para o Combate à Covid-19, que indica que o país possui 2.205 casos e 34 mortes dentre estes. Nesse contexto, o governo conta com o engajamento da população para que as medidas de combate da doença sejam efetivas.

Silvia Castro. Fonte: África 21 Digital. 25/08/20.

Presidente Weah aplaude manifestantes anti-estupro na Libéria. 

O presidente da Libéria George Manneh Weah, demonstrou apoio aos manifestantes em protesto contra os vários casos de estupro no país, em que o crime sexual, embasado no gênero, tem aumentado significativamente e preocupado a população. O objetivo dos manifestantes é a exigência de medidas governamentais em relação aos estupradores.

Apesar de Weah apoiar a iniciativa dos manifestantes, não deixou de mostrar sua insatisfação em relação aos abusos cometidos por aqueles durante o protesto. 

Presidente da Libéria George Manneh Weah.

“Pessoalmente, estou preocupado com o estupro. Meu governo está muito preocupado ”.

“O problema é a atitude indisciplinada de alguns dos manifestantes que foram vistos fazendo comentários políticos e insultando funcionários públicos.” 

Disse o presidente na quinta-feira, 27 de agosto de 2020, em entrevista exclusiva à emissora pública Liberia Broadcasting System (LBS).

Yasmim Alves. Fonte: Daily Observer. 29/08/20.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.