Clipping Países Andinos #73

Ex-presidente colombiano Álvaro Uribe é investigado pela procuradoria colombiana após renunciar ao Senado

Data: 01 de setembro de 2020.

Na última quarta-feira, a procuradoria colombiana anunciou o início do processo de investigação contra o ex presidente colombiano Álvaro Uribe, o primeiro presidente a ser investigado na história do país. Tal investigação está relacionada à adulteração de testemunhas e à fraude processual quanto à oposição e ao senador de esquerda Iván Cepeda. O processo contra Uribe teve início após a renúncia do mesmo ao seu cargo de senador, um cargo ocupado desde 2014. O parlamento colombiano é o único órgão que realiza a investigação de ex presidentes, contudo Uribe é tido como legislador, o que acaba por submetê-lo ao procurador-geral da Nação conforme dito pelo tribunal superior da Colômbia. Ademais, o ex presidente alega que Iván Cepeda, um grande adversário seu, conspirava judicialmente contra ele através de falsos testemunhos de ex-prisioneiros paramilitares contratados. Sendo assim, os mesmos eram vinculados a Uribe no que diz respeito aos crimes cometidos no conflito colombiano que se perpetua desde 1964.

Fonte bibliográfica: SARMIENTO, Joaquin. Procuradoria da Colômbia assumirá investigação contra Uribe após sua renúncia ao Senado. Yahoo! Notícias. 01 set. 2020. Disponível em: https://br.noticias.yahoo.com/procuradoria-da-col%C3%B4mbia-assumir%C3%A1-investiga%C3%A7%C3%A3o-194803513.html. Acesso em: 01 set. 2020.

Equador anuncia que denunciará China por pesca ilegal em Galápagos

Data: 29 de agosto de 2020.

Segundo o governo equatoriano, a China está realizando pescas ilegais em sua costa por meio de uma frota de 340 embarcações que se encontram a 200 milhas do arquipélago de Galápagos. Sendo assim, uma denúncia será levada às Nações Unidas, pois acredita-se que, por mais que a frota chinesa esteja em águas consideradas internacionais, os sistemas de rastreamento das embarcações são desligados quando a zona marítima do Equador é adentrada e, conforme o deputado César Rohon, tal ação impacta no ecossistema de região há cerca de quatro anos. O governo chinês se posicionou a respeito e afirmou que uma moratória voluntária será aplicada no início de setembro e no meio de novembro, entretanto acredita-se que essa atitude não terá grandes impactos, uma vez que a temporada de pesca se inicia no final de julho e se encerra pelos próximos meses. César também afirma que existem denúncias sobre a situação das tripulações das embarcações chinesas e que, diferentemente das embarcações equatorianas, as exigências ambientais, não são respeitadas pela China e cabe à mesma tomar uma outra providência quanto ao assunto. Contudo, há uma resistência do governo chinês.

Fonte bibliográfica: EQUADOR vai denunciar China por pesca ilegal em Galápagos. Último Segundo IG. 29 ago. 2020. Disponível em:  https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2020-08-29/equador-vai-denunciar-china-por-pesca-ilegal-em-galapagos.html. Acesso em: 02 set. 2020.

Cientistas do Equador confirmam o primeiro caso de reinfecção pelo coronavírus na América do Sul

Data: 01/09/2020

O Instituto de Microbiologia da Universidade San Francisco de Quito, confirmou o primeiro caso de reinfecção do SARS-CoV-2 na América do Sul, especificamente no Equador. A reinfecção ocorreu em um equatoriano de 46 anos que a priori foi diagnosticado com o novo corona vírus em maio e se deu superada. No entanto, em agosto o homem voltou a ter sintomas mais graves da doença, ele estava reinfectado. Sobre este caso raro o instituto afirma que em alguns casos a primeira infecção pode não produzir uma resposta imune eficiente para evitar uma segunda infecção do vírus. Vale mencionar que, o estudo sobre a primeira reinfecção do país e da América do Sul já foi enviado para ser publicado em uma revista científica.

Fonte:

https://brasil.elpais.com/internacional/2020-09-01/cientistas-de-quito-confirmam-o-primeiro-reinfectado-de-coronavirus-na-america-do-sul.html

Bolívia retoma trabalho em órgãos públicos

Data: 01/09/2020

A partir da primeira semana de setembro de 2020, os trabalhos em órgãos públicos, que visam legislar e tributar, fiscalizar e regulamentar passará a retornar em toda Bolívia. As atividades que pararam em março deste ano, devido a crise do corona vírus voltara a funcionar com jornada de 8 horas contínuas. Entretanto, cabe aos prefeitos locais definir escalas de horários diferentes para os trabalhadores, para não haver aglomeração de pessoas. Vale considerar, que a Bolívia acumula 5.027 mortes e 116.598 mil casos confirmados.

Fonte:

https://istoe.com.br/com-mais-de-5-000-mortos-por-coronavirus-bolivia-retoma-trabalho-em-reparticoes-publicas/


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.