Clipping África Austral #58

Secretário Geral da ONU nomeia a Professora Dube, de Botsuana, ao Painel de Cientistas Eminentes

Data: 03/11/2020

O Secretário-Geral da ONU, António Guterres, nomeou a Professora Associada Opha Pauline Dube, do Departamento de Ciência Ambiental da Universidade de Botsuana, para um painel de 15 de cientistas eminentes para redigir o Relatório de Desenvolvimento Sustentável Global de 2023. O Relatório visa fortalecer a interface ciência-política e servir como instrumento para apoiar os formuladores de políticas na promoção da erradicação da pobreza e do desenvolvimento sustentável. Dos 15 cientistas, apenas 3 são do continente africano.

Fonte: The Patriot

Mulheres jornalistas do Malawi marcham contra estupro e abusos

Data: 03/11/2020

Casos recentes chamaram a atenção para o problema do estupro e do abuso sexual no Malawi. Na última semana, a polícia prendeu um homem de 38 anos, no distrito de Chikwawa, depois de ter estuprado uma menina de 11 anos e a jogado na beira da estrada. Recentemente, também, a polícia de Blantyre prendeu um funcionário sênior da Sociedade de Assistência Médica do Malawi por estuprar a filha de sua irmã, de 14 anos. As manifestantes demandam que as penas para esses casos sejam mais severas e que o governo invista em educação sexual nas escolas. A Ministra de Gênero, Patricia Kaliati, disse que as mulheres que decidirem apresentar queixa por estupro ou abuso receberão um advogado gratuitamente por seu Ministério.

Fonte: Voice of America

Malawi abrirá embaixada em Jerusalém em 2021

Data: 04/11/2020

Em uma visita a Israel na terça-feira (03/11), o Ministro das Relações Exteriores do Malawi, Eisenhower Mkaka, disse que o país abrirá uma embaixada em Jerusalém no próximo ano. O Malawi seria o primeiro país do continente africano a abrir uma embaixada completa em Jerusalém. Em uma declaração gravada em vídeo durante sua visita, Mkaka parabenizou Israel por construir relações com países árabes e muçulmanos, incluindo novos laços com o Sudão. O ministro das Relações Exteriores de Israel, Gabi Ashkenazi, disse que espera que o Malawi abra sua nova embaixada em Jerusalém em breve e que isso fortalece ainda mais as relações entre os países.

Fonte: China Global Television Network

Peacekeeper da Zâmbia ganha o Prêmio de Polícia Feminina da ONU

Data: 03/11/2020

Doreen Malambo, inspetora-chefe na Missão da ONU no Sudão do Sul (UNMISS), foi a vencedora do Prêmio de Polícia Feminina das Nações Unidas. O prêmio, criado em 2011, busca reconhecer as contribuições femininas nas missões de paz da ONU, assim como promover o empoderamento feminino. A zambiana atua com questões de gênero na missão do Sudão do Sul, tendo auxiliado no estabelecimento de uma iniciativa que ajudou a reduzir e prevenir os crimes sexuais no país. Malambo também contribuiu na Missão da ONU na Libéria (UNMIL) de 2008 a 2009, ajudando a polícia local a prevenir e investigar a violência sexual e doméstica contra mulheres. Ela afirmou que o prêmio lhe trouxe motivação para continuar promovendo a inclusão e o empoderamento feminino com o seu trabalho.

Fonte: All Africa

Índia e Angola de mãos dadas para fortalecer a cooperação bilateral em múltiplos domínios

Data: 05/11/2020

A nova embaixadora da Índia em Angola, Pratibha Parkar, apresentou recentemente as suas cartas credenciais no país africano e falou sobre o aprofundamento das relações entre os dois países. Segundo Parkar, a cooperação entre Índia e Angola deve ser fortalecida no âmbito de projetos de saúde e educação, assim como no comércio, investimentos, agricultura e processamento de alimentos, tecnologia, telecomunicações e no setor energético, entre outros. Angola e Índia completam, em 2020, 35 anos de estabelecimento de relações diplomáticas e, ao assumir o cargo em 2017, o Presidente João Lourenço mencionou o país asiático como um dos quais Angola procuraria aprofundar suas relações.

Fonte: Plataforma Media

Alemanha disponibiliza 107 milhões de euros para projetos em Moçambique

Data: 05/11/20

De acordo com nota da embaixada alemã em Maputo, a Alemanha disponibilizará 107 milhões de euros para Moçambique nos próximos dois anos, que devem ser aplicados majoritariamente nas áreas de educação básica, vocacional e técnico-profissional, energia e biodiversidade. Os projetos e programas a serem desenvolvidos focarão nas províncias de Sofala (centro) e Inhambane (sul), de acordo com as prioridades definidas pelo Programa Quinquenal do Governo de Moçambique. Ademais, o país europeu já disponibilizou cerca de 17,5 milhões de euros neste ano para auxiliar Moçambique no combate à pandemia da Covid-19.

Fonte: Notícias ao Minuto

COVID-19: Angola passa a usar teste de antígeno

Data: 05/11/2020

A Comissão Multissetorial para Prevenção e Combate à COVID-19 anunciou nesta quinta-feira (05), em Luanda, o início do uso de teste rápido de antígeno. Com intuito de acelerar o processo de testagem em massa e identificar novos casos no país, o secretário de Estado para saúde relatou que esse teste leva cerca de 15 minutos para dar o resultado, podendo, muitas vezes, ser mais eficaz do que os demais, como o RT-PCR, e ser ainda mais barato que os outros testes.

Fonte: Angola Press

Teme-se que dezenas de pessoas tenham se afogado ao largo da costa de Moçambique

Data: 03/11/2020

Depois de um incidente de barco na semana anterior, somente nesta segunda-feira (02/11) houve maiores repercussões. Surgiu o boato de que diversas pessoas se afogaram, após cerca de 20 sobreviventes terem conseguido chegar a praia de Pemba, localizada em Cabo Delgado, Moçambique. Cerca de 50 pessoas ainda estão desaparecidas desde o início desta semana. “O naufrágio ocorreu na quinta-feira passada, mas só descobrimos ontem, quando os sobreviventes chegaram ao bairro do Paquitequete, em Pemba, e narraram o que aconteceu”, relatou à AFP Taibo Ali, voluntário que ajudava os sobreviventes a encontrar abrigo. A situação de instabilidade vivida em Cabo Delgado, com ataques em vários distritos, vem causando medo e fugas tão repentinas da população.

Fonte: Al Jazeera

Malawi planeja abrir embaixada em Jerusalém em 2021

Data: 06/11/2020

O Ministro Relações Exteriores do Malawi, Eisenhower Mkaka, em encontro com o Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciou a pretensão do Estado africano de abrir uma “embaixada de pleno direito” em Jerusalém. Também foi anunciado por Netanyahu que os dois países irão buscar o fortalecimento de cooperação nas áreas da agricultura, saúde, segurança cibernética entre outras. O Malawi tem população composta por maioria cristã. O presidente, Lazarus Chakwera, evangélico e teólogo disse que iria fazer mudanças na liderança do país, o que inclui novas missões diplomáticas. Se o Malawi realizar esse plano, será o primeiro país africano a abrir uma embaixada em Jerusalém e o terceiro do mundo, atrás dos EUA e Guatemala.

Fonte: Conexão Política


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.