Clipping Norte da América do Sul #70

Guiana

Desastres naturais atingem a Guiana, que clama por “Justiça climática”

A Guiana recentemente foi devastada pelos furacões Eta e Iota, resultando em enchentes, desaparecimentos e mortes, escassez de água potável e de alimentos, e destruição de construções. A situação é agravada pelo fato de que a maior parte da população vive em locais sujeitos a grandes inundações. Tal acontecimento, que também atingiu outros países da América Central e Caribe, levou esses governos a clamarem por “Justiça climática”, uma vez que são repetidamente afetados pelos efeitos da mudança climática – mesmo sendo muito menos responsáveis por eles se comparados com a União Europeia e os Estados Unidos, por exemplo.

Diante de situações como essa, a resposta é a mesma de sempre: contribuições imediatas minúsculas e, em seguida, negociações duras sobre as condições dos empréstimos. Nesse sentido, na quinta-feira (19) foi aprovado pelo Banco Mundial um financiamento adicional de US$ 26 milhões para a Guiana, que será destinado ao atual Projeto de Gestão de Risco de Enchentes do país. De acordo com o Banco, o fundo auxiliará na preparação da Guiana para outras possíveis catástrofes, reduzindo os seus impactos e protegendo a atividade econômica.

Fonte: https://guyanatimesgy.com/a-caribbean-central-america-alliance-for-climate-justice/; https://www.stabroeknews.com/2020/11/20/news/guyana/flood-fight-gets-us26m-world-bank-boost/

Data: 20/11/2020. Por Ana Luísa Vaz Barbosa Araújo

Guiana Francesa

Governo da Guiana Francesa se solidariza com apagão ocorrido no Amapá

O Estado brasileiro do Amapá sofreu um apagão geral no dia 3 de Novembro, após um incêndio na principal subestação estatal. Com isso, a rotina dos moradores foi alterada drasticamente, dificultando não somente do exercício de tarefas diárias, mas também da preservação de comida e de outras atividades.

Em decorrência disso, o governo da Guiana Francesa se solidarizou com a situação, tendo enviado 10 geradores de energia para a capital desse estado brasileiro para auxiliar principalmente na distribuição de água dos poços artesianos para a população local, os quais foram posicionados em escolas municipais de comunidades afastadas.

Fonte:https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2020/11/13/cidade-da-guiana-francesa-doa-10-geradores-de-energia-para-macapa.ghtml

Data:20/11/2020. Por Gustavo Parreiras Freitas de Oliveira

Suriname 

Holanda escolhem novo embaixador para o Suriname

          O conselho de ministros holandeses já aprovou a escolha de um embaixador para a representação holandesa no Suriname. Essa será a primeira vez desde 2017 em que o país possui um embaixador para negociações internacionais. Após a eleição da nova oposição no país, o relacionamento entre os Países Baixos e o Suriname foi fortemente pressionado.

       Assim, o Ministro de Relações Exteriores holandês afirma que esse é um passo importante para restabelecer uma nova relação entre os Estados, o que poderá contribuir para a cooperação entre os mesmos.

Fonte: https://www.nu.nl/politiek/6090763/nederland-benoemt-nieuwe-ambassadeur-voor-suriname.html

Data: 20/11/2020. Por Beatriz Morais

Venezuela

Vice-Presidente do PSUV reivindica que seus aliados façam buscas em todas as casas para garantir que a população vote nas eleições deste ano

Durante um ato de campanha, o vice-presidente do Partido Socialista Unido de Venezuela (PSUV), Diosdado Cabello, pediu às organizações aliadas que visitem casa por casa de suas regiões para garantir que toda população venezuelana vote nas eleições para Assembleia Geral do dia 06 de dezembro de 2020. No entanto, pelo voto não ser obrigatório na Venezuela e por não ter explicitado como essas verificações seriam feitas, a fala de Cabello levantou suspeitas da oposição. 

Ainda este ano a minoria oposicionista e o partido chavista acordaram que não seriam instalados nem os ‘pontos vermelhos’ nem a ‘caderneta da pátria’, censo paralelo usado pelo regime de Nicolás Maduro para fornecer auxílio social para os que votaram. Dessa forma, a maneira pela qual o PSUV pretende averiguar quem votou permanece incerta.

Fonte: https://www.elnacional.com/venezuela/el-regimen-amenaza-con-buscar-casa-por-casa-a-los-votantes-el-6d/

Data: 17/11/2020. Por Sofia Oliveira.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.