Clipping África Ocidental #93

Trump impõe barreiras para a entrada de visitantes de diversos países africanos nos EUA.

A partir do dia 24 de dezembro, cidadãos de Burkina Faso, Chade, República Democrática do Congo, Gâmbia, Guiné-Bissau, Libéria, Líbia, Mauritânia, Sudão, Angola, entre outros, precisarão apresentar o pagamento de uma taxa equivalente a até $15.000 para a entrada no país norte-americano. Essa medida se dá para mitigar a imigração, uma vez que somente países com uma taxa de 10% ou mais de cidadãos que fazem estadia prolongada no país serão afetados pela medida.

O valor a ser pago é reembolsável e se refere ao compromisso de não ultrapassar a data estimada para estadia emitida no visto. Além disso, o projeto é piloto e inicialmente durará 6 meses.

Silvia Castro. Fonte: BBC News. 24/11/2020.

Ex-Presidente da Serra Leoa é questionado por suspeita de corrupção durante seu mandato.

Além do presidente, cerca de 130 pessoas relacionadas à gestão de Ernest Bai Koroma estão proibidas de deixar o país por conta das investigações em curso. A comissão que investiga suposta corrupção realizou na segunda-feira um interrogatório em um local secreto com Koroma, isso se deu por conta dos adiamentos na audiência do ex-presidente por motivos de segurança. O sucessor e atual presidente, Julius Maada Bio, realizou diversas prisões de funcionários que trabalharam na gestão de Koroma por conta de corrupção e promete recuperar uma grande quantidade de recursos para o país.

Silvia Castro. Fonte: Africa News. 24/11/2020.

Eleições presidenciais ocorrem em Burkina Faso em meio a insurgência.

Enquanto o exército combate uma insurgência que matou milhares de pessoas e expulsou mais de um milhão de cidadãos de suas residências, as eleições presidenciais em Burkina Faso são marcadas pela desconfiança de uma fraude eleitoral. O conflito militar fez com que as pesquisas eleitorais fossem canceladas em mais de 1500 vilas. Além disso, a oposição ao atual presidente, que disputa sua reeleição, declarou que não aceitará resultados de uma eleição irregular, uma vez que desconfiam de uma operação que objetiva a fraude eleitoral de forma a garantir a vitória do presidente Roch Marc Christian Kabore, que é um líder do exército do país.

Silvia Castro. Fonte: Africa News. 24/11/2020.

Adjaye Associates divulga projeto preliminar para o Museu Edo de Arte da África Ocidental.

Com a responsabilidade de projetar o novo museu, bem como sua inserção urbana, o escritório internacional Adjaye Associates, possui o projeto apoiado pelas comunidades locais, pelo Reino Unido, pelo Reino de Benin, pelo Governo do Estado de Edo e pela Comissão Nacional de Museus e Monumentos (NCMM). Juntos, esses órgãos visam o crescimento econômico da cidade a partir da potencialização do acervo arqueológico local. Além disso, o projeto tem como intuito apoiar a comunidade artística contemporânea de Benin e abrigar artefatos e obras de arte da África Ocidental, expostas, atualmente, em coleções internacionais. O museu terá suas obras iniciadas em 2021 com apoio do Legacy Restoration Trust (LRT), organização sem fins lucrativos que contribui com projetos patrimoniais e arqueológicos, e do British Museum da Inglaterra.

Projeto Preliminar para o Museu Edo de Arte da África Ocidental.

Miguel Silva. Fonte: https://www.archdaily.com.br/br/951585/adjaye-associates-divulga-projeto-preliminar-para-o-museu-edo-de-arte-da-africa-ocidental. 24/11/2020

Presidenciais na República Centro-Africana com 22 candidatos inscritos.

Previstas para o dia 27 de dezembro, as eleições na República Centro-Africana, conta com vinte e dois candidatos ao cargo de presidente da república. As eleições ocorrerão em meio a um país devastado pela guerra civil, que se estende dês de que um grupo de rebeldes muçulmanos denominado Seleka derrubou o regime de François Bozizé em 2013. Dentre os vinte e dois candidatos, se destacam o atual chefe de estado Faustin Archange Touadéra, eleito em 2016 e que está em busca de um segundo mandato, e o seu principal adversário François Bozizé, que regressou à República Centro-Africana em dezembro de 2019 após sete anos no exílio. Na ocasião, François Bozizé se encontra sob sanções aplicadas pela ONU devido ao seu papel no conflito, incluindo seu apoio às milícias cristãs anti-Balaka.

Miguel Silva: Fonte: https://www.noticiasaominuto.com/mundo/1624921/presidenciais-na-republica-centro-africana-com-22-candidatos-inscritos. 11/11/2020.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.