Clipping África Ocidental #98

Senegal lança competição internacional para um parque urbano em Dakar.

 Na quarta-feira (24) os Ministérios do Urbanismo e do Meio Ambiente senegaleses  instalaram um júri de 17 membros que vão supervisionar um concurso internacional para o  desenvolvimento do Parque Florestal Urbano Yoff , que será construído na capital Dakar. Essa  iniciativa vem sendo preparada desde julho de 2020, quando o presidente Macky Sall ordenou que a  reserva de 10 hectares, dos 600 que compõem o antigo aeroporto de Dakar, seja atribuída para a criação do parque urbano.   O projeto propõe a mitigação dos efeitos da urbanização desenfreada, com destaque especial  a um paisagismo sustentável com grandes áreas verdes, que proporcione a instalação de estruturas  esportivas de lazer, educação e serviços. O júri selecionará as melhores obras a serem submetidas  às autoridades, julgadas principalmente pelo custo, estética e  originalidade. 

Izabella Burjaily Lizardo.

Fonte: Africa Radio. 24/03/21  

Link: https://www.africaradio.com/news/le-senegal-lance-un-concours-international-pour-un-parc urbain-a-dakar-183569

Covid-19 no Senegal: a vacinação e o desafio da cadeia fria.

Depois da chegada das primeiras vacinas adquiridas contra Covid-19 no Senegal, as  autoridades enfrentam grandes desafios de conservação e entrega nas regiões. A campanha de  vacinação nacional foi iniciada no dia 23 de fevereiro, após Dakar comprar 200.000 doses da China,  e graças à Covax Facility, um mecanismo de solidariedade internacional, receberam mais 324.000  doses da AstraZeneca.  

A Farmácia Nacional de Abastecimento é responsável por transportar as doses para as  quatorze regiões do país, e mesmo com o investimento em 1.117 geladeiras para o armazenamento  local, a questão da cadeia fria permanece sensível. Visto que as zonas rurais do país africano ainda  possuem uma baixa taxa de eletrificação, o que pode comprometer a refrigeração das doses, e  consequentemente, sua eficácia. Os governantes e instituições senegalesas vêm trabalhando para  apresentar soluções a estes problemas.  

Izabella Burjaily Lizardo  

Fonte: Le Monde Afrique. 22/03/2021.

Link: https://www.lemonde.fr/afrique/article/2021/03/22/covid-19-au-senegal-la-vaccination-a-l-epreuve-de-la-chaine-du-froid_6074080_3212.html

Covid-19: Primeiras vacinas chegam à Guiné-Bissau.

Cerca de 12.000 doses da vacina Astrazeneca chegaram até a Guiné-bissau em 22 de março. O país que já aprovou três tipos de vacinas homologadas pela OMS também já tem traçado o seu plano contra a proliferação do Covid-19. As primeiras doses já são garantidas para os trabalhadores da saúde e o plano nacional de vacinação deve atingir 20% da população nessa primeira fase.

Sofia Machado.

Fonte: DW.com. 22/03/2021

link: https://www.google.com.br/amp/s/amp.dw.com/pt-002/covid-19-primeiras-vacinas-chegam-%25C3%25A0-guin%25C3%25A9-bissau/a-56954180

Nigéria: inflação e desemprego ameaçam a maior economia da África.

Em 2020 o Estado nigeriano enfrentou uma recessão que disparou os preços do mercado, em 2021 o problema persiste e se agrava, chegando a apresentar um aumento de 17% nos preços em relação ao ano anterior. No setor alimentício, esse aumento chegou a 22%. Um dos motivos para tal situação foram as medidas protecionistas adotadas pelo presidente da Nigéria, como o fechamento das fronteiras às importações agrícolas. Além disso, 2020 foi um ano trágico para o setor de petróleo no país. A consequência dessa crise são os altos índices de desemprego, que chegam a 33% na Nigéria, a queda no PIB e o crescimento da pobreza extrema.

Em um mercado em Lagos, Nigéria (imagem ilustrativa).
Em um mercado em Lagos, Nigéria (imagem ilustrativa). © RFI Hausa

Ana Oliveira.

Fonte: RFI. 24/03/2021. https://www.rfi.fr/fr/afrique/20210324-nigeria-inflation-et-ch%C3%B4mage-menacent-la-premi%C3%A8re-%C3%A9conomie-africaine.

Senegal: eleições locais adiadas novamente.

Pela terceira vez, as eleições municipais e departamentais foram adiadas no Senegal. A medida aprovada pelo Conselho de Ministros passará pela assembleia e o mandato de vereadores departamentais e municipais será estendido mais uma vez. Segundo fontes governamentais, o novo adiamento foi aprovado para aguardar o fim do diálogo nacional*. 

De acordo com representantes da maioria do diálogo, a avaliação dos processos para a realização de novas eleições só será iniciada após o dia 1° de abril e pode levar 11 meses para que tudo seja planejado e organizado. Isso significa que as eleições só poderiam acontecer em 2022. A Frente de Resistência Nacional (FRN), por sua vez, exige que as eleições regionais sejam feitas até o fim deste ano e afirmam que é responsabilidade do governo o acontecimento destes “atrasos administrativos”. 

(Ilustração fotográfica) Senegalês em frente a uma assembleia de voto em Dacar, para a segunda volta das eleições presidenciais, 25 de março de 2012.
(Ilustração fotográfica) Senegalês em frente a uma seção eleitoral em Dacar, para o segundo turno das eleições presidenciais, 25 de março de 2012. REUTERS / Finbarr O’Reilly.

Ana Oliveira.

Fonte: RFI. 25/03/2021.

Link: https://www.rfi.fr/fr/afrique/20210325-s%C3%A9n%C3%A9gal-les-%C3%A9lections-locales-de-nouveau-report%C3%A9es

*Diálogo Nacional: https://www.rfi.fr/fr/afrique/20200829-senegal-reprise-dissusions-dialogue-politique


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.