Clipping Paises Andinos #87

Bolívia prorroga fechamento da fronteira com o Brasil por mais 7 dias

Por Bruna Stela G. Moura em 10/04/2021

O Ministério da Saúde da Bolívia confirmou no final da tarde de sexta (09/04/2021) que haverá uma prorrogação do fechamento da fronteira com o Brasil por mais 7 dias. A fronteira na região de Corumbá, no Mato Grosso do Sul foi fechada desde o início de março de 2021 com a alegação do receio da entrada variante brasileira P1 do Coronavírus e o aumento de casos de Covid-19, já que as cidades na região de fronteira não possuem estrutura de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Sendo assim, a fronteira ficará fechada até o dia 16/04/2021 com passagem somente entre os municípios fronteiriços. Ademais, vale salientar que a vacinação em massa na região da fronteira na parte bolivariana é de cerca de 12 mil bolivianos vacinados com a primeira dose, incluindo jovens com 18 anos. 

Fonte: G1 Mato Grosso do Sul. 

Disponível em: <https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/noticia/2021/04/09/bolivia-prorroga-fechamento-de-fronteira-com-o-brasil-por-mais-7-dias.ghtml>

Eleições no Peru: Candidato de extrema-esquerda lidera apuração

Por Mariana Puertas Lippi em 12 de Abril de 2021

Os resultados preliminares das eleições realizadas no último domingo no Peru confirmam a disputa embolada, conforme apontam pesquisas, e indicam que Pedro Castillo, da extrema-esquerda, deve disputar o segundo turno com a ex-parlamentar Keiko Fujimori (13%) ou com o economista Hernando de Soto (12%). Com 79,9% da apuração concluída até a tarde desta segunda-feira, Castillo tem 18% dos votos, seguido por Keiko Fujimori (13%) e por De Soto (12%). 

A contagem dos votos continuará ao longo dos próximos dias, mas não há previsão de quando a apuração será concluída pelo Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPE). Os resultados parciais, no entanto, já indicam a necessidade de segundo turno, previsto para 6 de junho. O horário da votação para o primeiro turno foi estendido ontem pela pandemia de covid-19. As autoridades eleitorais também tomaram outras medidas para evitar aglomerações, em um momento em que o país vive novos recordes de casos da doença.

Fonte: Valor Econômico

Disponível em: 

<https://valor.globo.com/mundo/noticia/2021/04/12/eleicoes-no-peru-devem-ir-ao-2o-turno-candidato-de-extrema-esquerda-lidera-apuracao.ghtml&gt;

Eleições 2021 no Equador: Guillermo Lasso é eleito presidente do Equador Por Sofia Oliveira em 12 de abril de 2021.

Guillermo Lasso, da aliança Creo-Partido Social Cristiano (Creio-Partido Social Cristão, em tradução livre), foi eleito presidente do Equador com 52,46% dos votos no dia 12 de abril de 2021. Caracterizado pelo Wall Street Journal como um representante ‘pró-negócios’, o candidato conservador, ex banqueiro e defensor de políticas de livre mercado, já foi felicitado por representantes do Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Banco Mundial (BM),  que ratificaram o apoio financeiro concedido ao Equador focados na recuperação econômica do país. 

Tal resultado não fora antecipado pelas pesquisas eleitorais feitas previamente, que previram a vitória de Andrés Arauz, candidato da aliança Centro Democrático- Fuerza Compromiso Social (Centro Democrático- Força do Compromisso Social, em tradução livre). Apesar disso, Arauz aceitou sua derrota e congratulou seu oponente na véspera da oficialização do resultado e afirmou “Temos que construir pontes e consensos”, acrescentando que seu partido fará uma oposição responsável ao governo eleito. 

O presidente Lasso reiterou que sua agenda terá enfoque no respeito aos direitos das mulheres e da população LGBTQI+, além do esforço imediato na construção de um plano nacional de vacinação contra Covid-19. Ademais, o presidente comunicou seu interesse de aproximar-se dos movimentos indígenas e da frente progressista social-democrata

Fontes: Primicias e El Universo.

Disponíveis em:

<https://www.primicias.ec/noticias/politica/lasso-gana-provincias-votos-ventaja-correismo/&gt;

<https://www.eluniverso.com/noticias/economia/organismos-multilaterales-deuda-externa-apoyo-ecuador-guillermo-lasso-presidente-republica-abril-2021-nota/&gt;

COVID-19: Peru atingiu um pico máximo de mortes

Por: Yasmim Beatriz  12 de abril de 2021.

A quantidade de óbitos em decorrência do novo coronavírus ultrapassou os dados anteriores no Peru desde o início da pandemia. No começo, os casos de pessoas infectadas estavam concentrados na capital, Lima. Todavia, conforme o Sistema Informático Nacional de Defunciones (SINADEF), órgão responsável pela contabilização de óbitos no Peru, o número alarmante de vítimas cresceu principalmente na porção norte do país, destacando-se as cidades de La Libertad, Lambayeque e Piura.

Segundo o especialista Ragi Burhum, engenheiro geoespacial, a propensão é que se estenda a parte da população dizimada pelo vírus em função do ambiente que as pessoas convivem e a necessidade de se exporem no dia de votação para a escolha presidencial. A mortalidade também é reflexo da mutação do vírus que antes era letal em idosos, mas agora alcança os mais novos.

Fonte: La República

Disponível  em: <https://larepublica.pe/sociedad/2021/04/12/covid-19-el-peru-llego-a-un-pico-maximo-de-fallecimientos/>

Funcionárias públicas da Bolívia são presas por roubo de 500 vacinas em cidade da fronteira com o Brasil
Por Cristiano Grabellos Moura em 12 de abril de 2021.

O incidente ocorreu na cidade boliviana de Guayamerín, que fica próxima da fronteira com o Brasil. Três funcionárias públicas da Bolívia, responsáveis pela guarda das doses da cidade, roubaram 500 doses da vacina contra o coronavírus. Elas foram presas no sábado, informou o Ministério Público, e as doses foram devolvidas nesse mesmo dia por pessoas encapuzadas. Entretanto, as doses terão de ser descartadas porque não foi possível saber se elas foram conservadas da maneira correta durante os três dias que ficaram desaparecidas. Dada a situação crítica de seu vizinho, que apresenta altas taxas de contágio e novas variantes do vírus, o governo boliviano optou por intensificar a campanha de vacinação nas regiões próximas à fronteira com o Brasil. Foram dadas 2,6 vacinas para cada 100 habitantes do país, já no Brasil, foram 10 doses para cada 100 habitantes.

Fonte: G1
Disponível em:
<
https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/04/04/funcionarias-publicas-da-bolivia-sao-presas-por-roubo-de-500-vacinas-em-cidade-de-fronteira-com-o-brasil.ghtml&gt;


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.