Clipping Chifre da África #81

‘Um útero Tigrayan nunca deveria dar à luz’: Casos de estupro no Tigray.

Por Ana Luísa Gomes em 21/04/2021

Os combatentes Amhara responsáveis ​​por sua cidade natal, Humera, e outras áreas disputadas do oeste de Tigray, acabaram de ordenar que todos os Tigrenses em sua vizinhança deixassem suas casas em 24 horas. “Os milicianos que estão nos aterrorizando há meses”, disse a mãe de três filhos, de 34 anos, “disseram que não temos mais permissão para morar lá, porque somos Tigrayans. Mandaram que partíssemos de mãos vazias. Eles disseram que todas as propriedades que possuíamos pertencem aos Amharas, não a nós. ” As forças de Amhara entraram no oeste de Tigray da região vizinha de Amhara em apoio às forças federais etíopes em novembro do ano passado, quando a primeira-ministra Abiy Ahmed ordenou uma ofensiva contra o então partido governante de Tigray, a Frente de Libertação do Povo Tigray (TPLF). Desde então, os Amhara, que são o segundo maior grupo étnico da Etiópia, assumiram o controle de várias áreas na região – terras, afirmam, que historicamente têm sido deles.

Fonte: Al Jazeera

https://www.aljazeera.com/news/2021/4/21/a-tigrayan-womb-should-never-give-birth-rape-in-ethiopia-tigray

 Djibouti: Alemanha reimplanta seu contingente em Djibouti

Por Ana Luísa Gomes em 19/04/2021

Na última quarta-feira, o contingente alemão do Elemento de Apoio Atalanta realizou sua última cerimônia de retiro. O contingente nacional alemão operando a partir da Base Aérea Naval Francesa em Djibouti fechará suas portas após 19 anos servindo como um centro de transporte, abastecimento logístico e apoio médico para ativos implantados na área. No início de 2002, a Alemanha implantou um contingente nacional em Djibouti durante a Operação Enduring Freedom para apoiar os ativos alemães que contribuíam para a operação anti-terrorismo. Desde 2008, a Alemanha se tornou a principal nação que contribui com tropas para a Operação ATALANTA, apoiando a operação com pessoal e recursos. Os navios de guerra da Marinha Alemã foram implantados na EU NAVFOR mais de 30 vezes com o último navio, o FGS BAYERN, servindo como o Capitão da Operação no verão de 2016, hospedando o então Comandante da Força contra-almirante Kaack e sua equipe. Em 9 de dezembro de 2020, o Germany P-3C Jester partiu pela última vez após impressionantes 8027 horas de vôo, fornecendo suporte aéreo crítico para a Operação Atalanta. A Alemanha continua a fornecer pessoal militar e civil ao Quartel-General Operacional em Rota, Espanha, e delineou a sua intenção de apoiar a EU NAVFOR sempre que navios de guerra alemães operem no Oceano Índico.

Fonte: All Africa

https://allafrica.com/stories/202104190596.html

 Sudão do Sul: torcedores irritados depois que o ministro tirou a esposa ‘Messi’ de uma partida de futebol

Por Ana Luísa Gomes em 21/04/2021

Autoridades esportivas do Sudão do Sul condenaram a decisão de um ministro do governo de retirar sua esposa de um time de futebol no meio de uma partida. Os órgãos dirigentes do esporte na segunda-feira acusaram Peter Mayen, ministro de Assuntos Humanitários e Gestão de Desastres, e exigiram um pedido público de desculpas depois que ele causou comoção em uma partida de futebol feminino na cidade de Aweil, no estado de Warrap, perto da fronteira com o Sudão. A Sra. Mayen estava entre os jogadores selecionados para jogar a partida, quando o ministro apareceu e ordenou que ela fosse com ele. Em nota à imprensa, a Associação de Futebol do Sudão do Sul disse estar decepcionada com a ação do ministro. “A administração do SSFA gostaria de expressar sua decepção pelo ato de impropriedade aplicado pelo ministro Peter Mayen, que interrompeu a partida oficial de futebol na cidade de Aweil exigindo a remoção de sua esposa Aluel Garang, popularmente conhecida como Aluel Messi, do campo.

Fonte: All Africa

https://allafrica.com/stories/202104220054.html

União Europeia ameaça aplicar sanções contra violadores do Sudão do Sul

Por Brenda Lima em 23/04/2021

A União Europeia (UE) advertiu que considerará a possibilidade de punir os indivíduos que tentarem minar o acordo de paz do Sudão do Sul, implementado em 2018. Segundo a Comissária da UE, Janez Lenarcic, é preciso acelerar a implementação do acordo a fim de acabar com a violência e evitar as condições de fome.

Fonte: BBC News

Sudão adverte Etiópia devido a problemas na barragem do rio Nilo

Por Brenda Lima e Vinícius Martinez em 22/04/2021

O Sudão está no meio de disputas entre a Etiópia e o Egito devido à barragem que a Etiópia está construindo no rio Nilo. O Ministro de Recursos Hídricos do Sudão, Yasir Abbas, pediu que a Etiópia se comprometa com um acordo juridicamente vinculativo, em vez de diretrizes, sobre a quantidade de água retida e o cronograma de enchimento do reservatório. Ele também quer clareza sobre como as disputas serão resolvidas no futuro.

Fonte: BBC News

https://www.bbc.com/news/world-africa-56799672

Tropas da Eritreia ‘agravando a situação de Tigray’

Por Brenda Lima em 22/04/2021

“As forças da Eritreia que estão posicionadas em Tigray, estão agravando ainda mais a terrível situação humanitária e desestabilizando a Etiópia, em vez de protegê-la”, disse Steven C Walker, embaixador dos EUA a Eritreia, em uma postagem na página da embaixada no Facebook. E pede que as tropas eritreias deixem a Etiópia, onde foram destacadas em novembro no início do conflito em Tigray para ajudar as forças federais.

Fonte: BBC News

Sudão aposenta 131 oficiais de inteligência e remove vínculos com o antigo regime

Por Beatriz Coutinho em 26/04/2021

Com o avanço do processo de reestruturação do regime político sudanês, 131 oficiais de inteligência, 3 tenentes-gerais, 25 brigadeiros, 40 brigadeiros-generais e 63 coronéis, e todos islâmicos, foram encaminhados à aposentadoria, para que o governo pudesse se afastar de vez do antigo regime predominante no país.

Em 2019, o então presidente Omar Al-Bashir foi deposto, encerrando um ciclo de 30 anos de um regime ditatorial, após meses de protesto contra seu governo, que o acusavam de ter se envolvido no assassinato de manifestantes e principalmente no golpe militar dado em 1989, que inclusive o levara ao poder.

Em 2020, Jamal Abdul Majeed foi nomeado pelo Conselho de Soberania de Transição do Sudão como o novo chefe de inteligência depois que seu predecessor, General Abu Bakr Dumblab, renunciou ao cargo

Fonte: Monitor do Oriente Médio. Disponível em:  https://www.monitordooriente.com/20210423-sudao-aposenta-131-oficiais-de-inteligencia-e-remove-vinculos-com-o-antigo-regime/

ONU alerta para consequências de impasse político na Somália

Por Maria Luiza Mendes em 24/04/2021

O Conselho de Segurança da ONU emitiu uma declaração manifestando “profunda preocupação” com a situação do país. O presidente Mohamed Farmaajo prorrogou seu mandato por mais dois anos, mesmo com a rejeição da oposição e da comunidade internacional. O Conselho ainda alertou para as consequências devido ao impasse eleitoral na Somália, podendo “anular os progressos” na governança e intensificar os problemas de segurança que o país enfrenta.

Fonte:DW

https://www.dw.com/pt-002/onu-alerta-para-consequências-de-impasse-político-na-somália/a-57323289/

Etiópia propõe solução urgente ao impasse sobre a Represa do Renascimento

Por Maria Luiza Mendes em 22/04/2021

Na última quarta-feira (21), a Etiópia sediou uma pequena conferência da União Africana para buscar prosseguir as negociações referentes às operações da Grande Represa do Renascimento, sob impasse entre Addis Ababa, Cairo e Cartum. Em um comunicado emitido, a chancelaria etíope destacou que: “A Etiópia crê que a solução para avançar com as negociações sobre a Grande Represa do Renascimento é pedir ao Presidente da União Africana, Felix Tshisekedi, para convocar um encontro com o intuito de superar o impasse”. A Etiópia insiste no seguimento do segundo preenchimento da barragem em julho de 2021, ainda que o acordo vinculativo não esteja assinado. Já Egito e Sudão buscam a assinatura de um pacto tripartite, para a preservação das próprias instalações hídricas e na garantia da continuidade do seu fluxo atual de recursos do Nilo.

Fonte: Monitor do Oriente Médio

https://www.monitordooriente.com/20210422-etiopia-propoe-solucao-urgente-ao-impasse-sobre-a-represa-do-renascimento/

Sudão informa ao Conselho de Segurança sobre a crise da barragem do Nilo

Por Maria Luiza Mendes em 21/04/2021

A ministra das Relações Exteriores do Sudão, Mariam al-Mahdi, disse na última terça-feira (21) que comunicou ao Conselho de Segurança da ONU sobre o insucesso das negociações de Kinshasa sobre o projeto da Grande Represa da Renascença Etiope, segundo a Agência Anadolu. No comunicado a ministra disse que foi enviada uma carta ao conselho “após intransigência etíope que levou ao fracasso das negociações de Kinshasa patrocinadas pela União Africana e a insistência das autoridades etíopes em prejudicar o Sudão, iniciando o segundo enchimento da barragem sem um acordo legal”.

Fonte: Monitor do Oriente Médio

https://www.monitordooriente.com/20210421-sudao-informa-o-conselho-de-seguranca-sobre-a-crise-da-barragem-do-nilo/


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.