#Golfo da Guiné

São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau reforçam laços de cooperação

19/05/2021

O presidente de São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho, está em uma vista oficial de quatro dias à Guiné-Bissau e reuniu-se com o presidente Umaro Sissoco Embaló. Os dois chefes de Estado testemunharam a assinatura de acordos entre os dois países, que foram assinados pelas Ministras de Negócios Estrangeiros de cada nação. O presidente bissau-guineense afirmou que tanto a visita quanto os acordos significam passos importantes para a relação dos dois Estados, reforçando a amizade e cooperação entre eles.

Fonte: https://www.rfi.fr/pt/guin%C3%A9-bissau/20210519-s%C3%A3o-tom%C3%A9-e-pr%C3%ADncipe-e-guin%C3%A9-bissau-refor%C3%A7am-la%C3%A7os-de-coopera%C3%A7%C3%A3o

Revolução digital do Benin

Nos últimos cinco anos, o Benin fez progressos significativos em termos de infraestrutura digital e tornando os serviços de sua administração pública sem papel. Tudo isso constitui a base para a construção, num futuro próximo, da plataforma digital da África Ocidental pretendida pelo Presidente da República. Patrice Talon, presidente de Benin, prometeu aos seus compatriotas em 2016 que faria do Benin o centro de serviços digitais da África Ocidental, uma alavanca para acelerar o crescimento e a inclusão social. Os sinais de uma verdadeira revolução digital já podem ser observados tanto na moderna infraestrutura implantada e na digitalização da gestão pública, quanto na adoção de um Código Digital, que estabelece o país como pioneiro na sub-região.

link: https://www.theafricareport.com/a-message-from/advertiser/campaign/benins-digital-revolution/

Periódico: The Africa Report

#FixGhanaNow: governo Akufo-Addo sob pressão ativista

Apenas quatro meses após vencer as eleições presidenciais de dezembro de 2020 para um segundo mandato, ativistas ‘apolíticos’ estão desafiando o governo do presidente Nana Akufo-Addo em seu compromisso de melhorar a vida dos cidadãos, devido à recente imposição de novos impostos e altos níveis de desemprego . Os ganenses expressaram suas frustrações com a campanha batizada de #FixGhanaNow, que tem sido tendência consistente no Twitter na semana passada, dezenas de milhares de usuários de mídia social postaram mais de meio milhão de tweets sobre o assunto. Isso  prejudicou a lua de mel que o governo Akufo-Addo tem desfrutado desde a eleição presidencial de 7 de dezembro.

link: https://www.youtube.com/watch?v=-ArT83MwJ58&list=RDTx6K_tSgep8&index=19

Periódico: The Africa Report

Um número não divulgado de estudantes universitários é sequestrado no estado nigeriano de Ábia

É o segundo ataque do que acredita ser do mesmo grupo de sequestradores que, há dois meses, sequestrou 29 estudantes em Kaduna e que foram liberados um mês depois, depois de um pagamento pelos reféns. As autoridades da região declararam que o grupo de universitários estavam se locomovendo em uma minivan quando foram atacados por essa gangue armada e foram sequestrados juntos com outros passageiros, dois escaparam e os outros estão sendo mantidos em um local desconhecido.

Na quinta-feira, dia 6, os chefes militares nigerianos estavam perante o parlamento para serem questionados a respeito dos desafios da segurança nacional e o presidente Muhammadu Buhari está sob cada vez maior pressão por causa do aumento da violência causado por gangues criminosas como essas e separatistas islâmicos.

“Esses sequestros se tornaram comuns em partes da Nigéria”, afirma John Kalu, membro administrativo do estado, e nigerianos saem nas ruas com cartazes clamando por seus direitos como “resgatem nossas crianças, educação é um direito”. Com isso, o parlamento urge para que o presidente declare estado de emergência nacional.

9 de maio de 2021

https://www.bbc.com/news/topics/c50znx8v132t/nigeria

Pelo menos 30 mortos em novo ataque jihadista na Nigéria

04/05/2021

Nesta segunda-feira houve um novo ataque ligado ao Estado Islâmico (EI) a uma base militar, na cidade de Ajiri, que deixou pelo menos 30 mortos. Os combatentes associados ao grupo islâmico chegaram na base militar a bordo de caminhões e portando metralhadoras. Esses ataques são resultado da rebelião de Boko Haram em 2009 no nordeste da Nigéria, que desde então já causou cerca de 36 mil mortes e forçou o deslocamento de aproximadamente dois milhões de pessoas.

Fonte: https://istoe.com.br/pelo-menos-30-mortos-em-novo-ataque-jihadista-na-nigeria/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.