Clipping Chifre da África #84

Isaias Afwerki, presidente e ditador da Eritreia, se encontra com líderes sudaneses em meio às tensões da Etiópia

Por Gabriella Tourinho em 05/05/2021

O presidente da Eritreia, Isaias Afwerki, esteve em Cartum, capital do Sudão por dois dias para conversar com autoridades sudanesas. Esse encontro ocorreu em meio a tensões entre os governos da Etiópia, aliada próxima da Eritreia, e do Sudão, além da pressão internacional que a Eritreia vinha sofrendo para a retirada de suas tropas do conflito de Tigré. O ministro de informação da Eritreia declarou, em meios privados, que Isaias e al-Burhan concordaram em reforçar seus esforços na implementação do Acordo de Cooperação que foi alcançado entre os dois países nos âmbitos político, econômico, social, de segurança e militar. O líder eritreu também trocou algumas ideias com o Primeiro-Ministro sudanês, Abdallah Hamdok, deixando claro a importância a integração regional para o Chifre da África e concordaram em focar em alguns projetos concretos para consolidar os laços bilaterais entre Eritreia e Sudão no quadro regional.

A visita se deu, após, em fevereiro, o Sudão acusar uma terceira parte de se aliar com a Etiópia em uma disputa de décadas com o Sudão sobre terras contestadas na região fértil de al-Fashaga. Acredita-se que a acusação tenha se referido à Eritreia, a qual mandou tropas para ajudar as forças federais no conflito em Tigré, na Etiópia. Após a Eritreia afirmar ao Sudão que não fazia do conflito entre ele e a Etiópia, em março, a ONU reportou a presença das forças eritreias operando no triângulo do al-Fashaga. Este conflito teve uma piora significativa a partir de novembro, quando o Sudão aproveitando da situação no Tigré, enviou forças para os territórios ocupados por fazendeiros e militares etiópios. A Etiópia e o Sudão, desde então vêm tentando resolver o litígo através de conversação, mas até agora não houve progresso.

Fonte: Al Jazeera

Disponível em: https://www.aljazeera.com/news/2021/5/5/eritrea-president-visits-sudan-amid-tension-over-ethiopia

Somália restaura laços com Quênia, após quase 6 meses

Por Gabriella Tourinho em 06/05/2021

A Somália afirmou que está a ponto de restaurar os laços diplomáticos com o vizinho Quênia, depois de ter cortado suas relações em dezembro, acusando Nairóbi de se intrometer em assuntos internos da Somália. As relações entre os dois também andam tensas sobre a propriedade de potenciais depósitos de petróleo e gás, alguns dos quais estão ao largo da costa de Jubbaland, um dos cinco estados semiautônomos da Somália. Os dois governos concordaram em manter relações diplomáticas amigáveis entre os dois países com base em princípios de respeito mútuo de soberania e de integridade territorial, além de não interferência nos assuntos internos de cada um, igualdade, benefício mútuo e coexistência pacífica.

Nairobi enunciou que tomou nota da declaração e está desejoso para uma maior normalização das relações entre as autoridades somalis. Inclusive, o próprio disse em um comunicado que “o Ministério das Relações Exteriores reconhece o contínuo apoio da comunidade internacional, e, em particular, do governo do Catar, nos esforços para normalizar as relações diplomáticas entre a Somália e o Quênia”. Assim como esse, o Ministro de Negócios Exteriores do Catar, Sheikh Mohammed bin Abdulrahman Al Thani falou que espera a continuação das relações normais entre o Quênia e a Somália e deixou claro que encoraja os dois a aumentar as comunicações.

O motivo de tal corte nas relações entre os dois países se deu por conta da sediação feita pelo Quênia da Soallilândia, um estado separatista que o governo central de Mogadíscio não reconhece. Sendo que há muito tempo a Somália reclama da interferência do Quênia em regiões depois da sua fronteira, mas Nairóbi acusa Mogadíscio de usá-lo como bode expiatório para seus próprios problemas políticos. Porém, em novembro, Somália expulsou o embaixador do Quênia e chamou o seu de volta após acusar o Quênia de interferir no processo eleitoral em Jubbaland.  

Fonte: Al Jazeera

Disponível em: https://www.aljazeera.com/news/2021/5/6/somalia-restoring-ties-with-kenya-after-nearly-six-months

 

Quênia suspende vôos para Somália por três meses

Por Elisa Tolentino em 11/05/2021

Nesta semana, o Quênia suspendeu os voos para a Somália poucos dias depois de o seu vizinho ter dito que os laços diplomáticos entre os dois países tinham sido normalizados após meses de tensão. Na terça-feira, a Autoridade de Aviação Civil do Quênia (KCAA) disse, sem dar razão, que os voos comerciais para a Somália seriam suspensos durante três meses. “Todos os voos entre o Quénia e a Somália estão suspensos, excepto os voos de evacuação médica e os voos das Nações Unidas apenas em missões humanitárias”, disse o regulador. O diretor geral da KCAA, Gilbert Kibe, afirmou que a suspensão era “uma decisão do governo”. A diretoria parece ter sido pega de surpresa por alguns oficiais da aviação e agentes de viagens somalis. A suspensão chega um dia depois de a Somália dizer que os carregamentos de khat – uma folha narcótica – do Quénia permaneceram em espera.

Fonte: Kenya suspends Somalia flights for three months | Aviation News | Al Jazeera

Turquia ratifica acordos com Geórgia e com Djibouti

Por Gabriella Tourinho em 07/05/2021

A Turquia conseguiu realizar diversos acordos em áreas diferentes entre Geórgia e Djibouti. A começar com o acordo que concede vários direitos às companhias aéreas designadas entre as partes para a realização de serviços aéreos internacionais regulares em direções especificadas, dando direito de voar sem pousar no território da outra parte contratante, fazer paradas no território para fins não comerciais, efetuar paradas em pontos específicos na rota, com objetivo de embarcar ou desembarcar o tráfego internacional em combinação ou separadamente, além de outros direitos.

As partes também estimularão os prestadores de serviços de transporte combinado e as empresas de transporte ferroviário, marítimo e rodoviário envolvidas em operações de transporte combinado. Além de também proverem assistência para suas próprias empresas ferroviárias e autoridades portuárias para o desenvolvimento de infraestrutura para o transporte combinado. Em adição, as partes vão formar um Comitê Misto constituído por representantes de ambas as partes para regular todos os aspectos da execução e aplicação do pacto. De acordo com o contrato, as partes chegaram a acordo sobre várias questões referentes ao transporte ferroviário de mercadorias e passageiros e à regulamentação das passagens de fronteira.

Fonte: Anadolu Agency

Disponível em: https://www.aa.com.tr/en/turkey/turkey-ratifies-agreements-with-djibouti-georgia/2232321

Turquia vai investir 105 milhões de dólares em projeto agro-industrial no Sudão do Sul

Por Elisa Tolentino em 13/05/2021

Nesta semana, o embaixador da Turquia no Sudão do Sul, Erdem Mutaf, afirmou que empresas turcas vão investir cerca de 105 milhões de dólares num projeto agro-industrial no Sudão do Sul. Mutaf disse que o investimento no complexo agro-industrial irá cobrir diferentes linhas de produção e criar oportunidades de emprego para os sul-sudaneses, ele garantiu ainda que o governo turco irá assegurar que mais empresas turcas venham e iniciem negócios no Sudão do Sul. Onyoti Adigo, Ministro da Pecuária e Pescas do Sudão do Sul, apreciou o investimento turco no país e disse que o projecto proporciona boas oportunidades de emprego para os cidadãos do país. Segundo o ministro, o Sudão do Sul tem recursos pesqueiros muito ricos, e através de tais empresas, o país poderá exportar os seus produtos pesqueiros.

Fonte: Turkey to invest $105m in South Sudan’s agro-industrial project – Sudan Tribune: Plural news and views on Sudan

O Procurador-Geral do Sudão solicitou a entrega dos militares que mataram os manifestantes

Por Elisa Tolentino em 12/05/2021

O Procurador-Geral do Sudão pediu ao exército que entregasse rapidamente aqueles que mataram dois manifestantes e feriram outros 37, as vítimas participavam de um comício pacífico na terça-feira para comemorar o ataque sangrento a uma concentração no exterior do quartel-general do exército, onde mais de duas centenas de civis tinham sido mortos em Junho de 2019. Al-Hebir Taj Elsir confirmou que o Ministério Público tinha aberto dois processos contra os militares envolvidos no assassinato dos dois jovens, Osman Ahmed Badr al-Din e Muddather al-Mukhtar Elshafie. Taj-Elsir acrescentou também que foi solicitado um pedido oficial ao exército para entregar o oficial que ordenou a abertura de fogo e os soldados que dispararam sobre os manifestantes, que entreguem as suas armas ao Ministério Público. “Esperamos que haja cooperação na entrega do acusado e das armas para investigar o caso e o início do julgamento”, salientou. O Procurador-Geral disse ainda que todas as indicações mostraram que o comício foi uma reunião pacífica sem violência e que só houve fricções muito ligeiras quando os manifestantes chegaram às proximidades do quartel-general do exército.

Fonte: Sudan’s attorney general urges to hand over militaries who killed protesters – Sudan Tribune: Plural news and views on Sudan

ONU e parceiros querem solução rápida para nova onda de violência na Somália

Por Bárbara Thaís Pinheiro Silva

Diante dos confrontos ocorridos na Somália no final do mês de abril (2021), as Nações Unidas, a Missão da União Africana na Somália, a União Europeia e a Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento instaram o governo da Somália a lutarem pelo fim da nova onda de violência no país, sobretudo em Mogadíscio. A escalada de tensões tem aumentado nos últimos momentos, principalmente devido aos tipos de armamentos que são usados contra os civis, além disso tem se espalhado para outras regiões do país.

Fonte: https://news.un.org/pt/story/2021/04/1748802


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.