Clipping Países Andinos #92

Peru prorroga suspensão de voos vindos do Brasil

Por: Yasmim Beatriz em 11/05/2021

Diante do cenário pandêmico, o governo peruano aumentou o prazo de adiamento de voos oriundos do Brasil, Reino Unido, África do Sul e Índia. Tal medida se deu pelo fato de que o país se encontra vulnerável em função da segunda onda da COVID-19. Essa que de acordo com o Ministério da Saúde do Peru foi responsável pela contaminação de quase metade dos casos comprovados.

As medidas de contenção do avanço do vírus são feitas quinzenalmente a fim de examinar o percentual de indivíduos infectados. Esses que podem ter a situação agravada dependendo das complicações resultantes da virose e a dificuldade da aquisição de oxigênio, considerando-se a quantidade disponibilizada para compra e a quantidade demandada. 

Fonte: Exame

Fonte: Exame

Disponível em: 

https://exame.com/mundo/peru-prorroga-suspensao-de-voos-vindos-do-brasil/

Protestos na Colômbia: como a violência tomou conta das ruas do país

Por Mariana Puertas em 12 de maio de 2021

Faz uma semana que a Colômbia vive uma espiral de protestos e confrontos violentos entre manifestantes e forças de segurança. O epicentro é a cidade de Cáli, uma cidade com mais de 2,3 milhões de habitantes e capital do departamento do vale do Cauca, no sudoeste da Colômbia. A onda de protestos começou com uma proposta de reforma tributária mas deve se manter mesmo após a votação do projeto ter sido suspensa. 

O projeto tinha pontos polêmicos, como aumento de impostos sobre a renda e sobre produtos básicos, de forma a aumentar a arrecadação tributária e evitar que a dívida colombiana gere a perda de mais pontos nas avaliações de risco de agências internacionais. 

O governo defendia a necessidade desse incremento como forma de arrecadar o equivalente a 2% do PIB e sustentar os programas sociais implementados durante a pandemia de covid-19.

Fonte: BBC News Brasil

Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/internacional-56993155>

Estado Boliviano anuncia a compra de 15 milhões de vacinas da Johnson&Johnson

Por Sofia Oliveira em 12/05/2021

O Ministério das Relações Exteriores da Bolívia anunciou no dia 12 de maio de 2021 a assinatura de um contrato com a farmacêutica Biolys Pharma que prevê a compra de 15 milhões de doses da vacina Johnson & Johnson. Porém, a aquisição e produção do imunizante, de acordo com o Chanceler Rogelio Mayta, dependem da liberação de patentes pela Organização Mundial do Comércio, ficando disponíveis apenas depois dessa data. As patentes internacionais proíbem a produção em larga escala das vacinas em laboratórios que não as desenvolvem, aumentando, assim, o custo de cada dose e o tempo para a entrega do imunizante. Ademais, o chanceler estimou que após a quebra das patentes internacionais a quantidade de imunizantes adquirida pelo Estado Boliviano estaria disponível em 3 ou 4 meses.

Fonte: El Diario

Disponível em: 

<https://www.eldiario.net/portal/2021/05/12/gobierno-anuncio-compra-de-15-millones-de-vacunas/

Corte Constitucional do Equador descriminaliza aborto em casos de estupro 

Por Cristiano Grabellos Moura em 15/05/2021

A lei do país, que só autorizava o aborto nos casos em que a vítima do estupro fosse portadora de deficiência mental, foi alterada. A decisão “que descriminaliza o aborto por estupro é possível graças às mulheres e aos coletivos feministas que vêm lutando permanentemente por uma sociedade mais justo e igualitária. Sem elas não seria possível o que hoje é lei”, escreveu Freddy Carrión, encarregado da proteção dos direitos humanos no país, responsável por anunciar a mudança. Posteriormente, mulheres que engravidam em consequência de estupro e abortavam no Equador, país no qual, anualmente, cerca de 2500 menores de 14 anos dão à luz após serem vítimas de violência sexual, eram submetidas a processo penal e presas.

Fonte: G1

Disponível: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/04/29/corte-constitucional-do-equador-descriminaliza-aborto-em-casos-de-estupro.ghtml&gt;

Avanço de Keiko Fujimori volta a acirrar corrida eleitoral do Peru

Por Ana Luísa Vaz em 15/05/2021

Uma pesquisa de opinião realizada pelo instituto Datum International entre os dias 12 e 13/05 demonstrou o acirramento da corrida eleitoral peruana para o segundo turno, que ocorrerá no dia 06 de junho. Com uma margem de erro de 2,8%, o candidato Pedro Castillo detém 42% das intenções de voto, conquistando mais um ponto percentual em relação à sondagem anterior. Por sua vez, Keiko Fujimori, filha do ex-presidente Alberto Fujimori, preso por corrupção e violações dos direitos humanos, alcançou 40%, quatro pontos acima do outro levantamento. Pesquisas anteriores apontavam para uma estabilidade na liderança de Castillo, professor que defende a reescrita da Constituição peruana e políticas de esquerda, como a nacionalização de recursos minerais.

Fonte: Money Times.

Disponível em: <https://www.moneytimes.com.br/avanco-de-keiko-fujimori-volta-a-acirrar-corrida-eleitoral-do-peru/&gt;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.