Clipping #100 Países Andinos

Guillermo Lasso, presidente do Equador, decreta estado de exceção em todo o país

Por Natália Canevari em 19 de outubro de 2021

O Presidente da República do Equador, Guillermo Lasso, declarou na segunda-feira, 18 de outubro de 2021, um estado de exceção no Equador, no âmbito do Plano de Segurança Nacional, devido ao aumento da violência que se desencadeou no país, já que segundo o Ministério do Interior, entre janeiro e agosto, foram registrados 1.427 assassinatos no país, 55 a mais do que em todo o ano de 2020. Tal medida será válida por 60 dias e durante o estado de emergência, policiais e militares patrulharão as ruas 24 horas por dia. Lasso descreveu o narcotráfico como o “principal inimigo” do Equador e anunciou que o governo dará às forças da ordem, o apoio necessário para o desenvolvimento de seu combate ao crime, para o qual será criada a Unidade de Defesa Jurídica da Força Pública, entidade que se dedicará exclusivamente à proteção de todos os seus membros. Além disso, foi ordenada a mobilização das Forças Armadas nas províncias de Guayas, Pichincha, El Oro, Santa Elena, Los Ríos, Santo Domingo de Los Tsáchilas, Manabí, Esmeraldas e Sucumbíos, por apresentarem os maiores indicadores de atividade criminosa e será formado um comitê reunindo diversos ministérios da área social e de direitos humanos, para empreender ações visando prevenir e frear a dependência química e reinserir os usuários de drogas na sociedade. 

Fonte: La Hora

Disponível em: 

<https://www.lahora.com.ec/pais/estado-excepcion-ecuador-2/>. 

O quéchua renasce no Peru

Soledad Secca, indígena quechua conhecida como “Solischa” caminha junto a campesinos de Cusco, Perú.

Por Larissa dos Santos Zanin em 23 de outubro de 2021

Durante o seu discurso de posse no plenário o primeiro-ministro Guido Bellido fez uma saudação em quéchua de dois minutos, que foi acompanhado por gritos de deputados e pela presidenta do congresso o pedindo para falar em espanhol. pois “ninguém o estava entendendo”. Fatos devidamente respondidos por Guido ao relembrar a todos que tanto o espanhol quanto o quéchua são línguas oficiais do país, segundo o artigo 48 da constituição, também esclareceu que usou sua língua materna “não com o propósito de renegar ninguém, e sim para integrar todos os habitantes do Peru, sobretudo os chamados povos originários” além de explicar que o fez “em homenagem a muitos peruanos que morreram sem entender uma palavra do que se dizia aqui”. 

Não é apenas o primeiro ministro que tem trazido um holofote maior na língua quechua, a geração millenium no geral têm focado mais em aprender esse idioma e se conectar com as suas raízes, hoje no país 14% da população no total falam quéchua, sendo muitos destes não-falantes do espanhol, assim como a mãe de Guido Bellido que é camponesa do distrito de Livitaca em Cuzco. Segundo o linguísta Carlos Molina Vital, os millennials têm se interessado mais em aprender a língua, pois “o motor de um renascimento do quéchua no Peru: as gerações de filhos ou netos de migrantes que viveram com maior estabilidade econômica ou política que seus antecessores e puderam refletir sobre suas origens”.

Fonte: El País 

Disponível em: < https://brasil.elpais.com/internacional/2021-09-01/o-quechua-renasce-no-peru.html

Narcotraficante mais procurado da Colômbia é preso

Por Gustavo Alves em 24 de outubro de 2021

O Presidente colombiano, Iván Duque, disse que a prisão de Dairo Antonio Úsuga David, o Otoniel, é o maior golpe no narcotráfico colombiano desde a queda de Pablo Escobar, em 1993. O traficante é o líder máximo do clã  do Golfo, sendo um dos traficantes mais temidos do mundo, por também ser um grande assassino,  ele possuía mais de 1000 processos na justiça e ainda estava na lista vermelha da interpol. Otoniel era procurado desde 2015 na região de Urabá  por milhares de policiais e militares que levaram a morte de dezenas de homens ao seu comando, além da prisão de toneladas de cocaína.

Ivan Duque acredita que a prisão de Otaniel, representa o fim do Clã do Golfo, o grupo era responsável por enviar milhões de toneladas para os Estados Unidos, além de outros crimes na região, na divisa com o Panamá. O governo colombiano estava oferecendo uma valor de 3 bilhões de pesos( cerca de R$4,5 milhões) e os Estados Unidos estava oferecendo 5 milhões de dólares por informações que levassem à captura do narcotraficante O traficante foi capturado pelo exército colombiano após meses o cercando pela região de Urabá, perto do Nudo do Paramilo, entre dois morros, de acordo com a polícia. A notícia teve uma boa repercussão na Colômbia, principalmente pelos políticos, que buscam avanços na batalha contra o narcotráfico no país.

Fonte: DW

Disponível em:  <https://www.dw.com/pt-br/narcotraficante-mais-procurado-da-col%C3%B4mbia-%C3%A9-preso/a-59609073>   

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.