Clipping África Ocidental #110

Em golpe, militares de Burkina Faso detêm presidente e fecham fronteiras.

Presidente de Burkina Faso, Roch Kabore
Presidente de Burkina Faso, Roch Kabore.

Por Izabella Burjaily Lizardo.

Em 24 de janeiro de 2022 o exército de Burkina Faso assumiu o controle do país, com a dissolução do governo e do parlamento e a deposição do presidente Roch Kabore. Correspondendo ao primeiro golpe militar do ano em África, o feito foi anunciado na televisão estatal pelo capitão Sidsore Kader Ouedraogo, que também suspendeu a constituição e fechou as fronteiras do país.

De acordo com o capitão, a ocupação do poder por parte dos militares é uma resposta à “degradação contínua da situação de segurança” no país e à “incapacidade do governo” de unir a população.  O tenente-coronel Paul-Henri Damiba, um oficial militar, foi apresentado ao povo de Burkina Faso como seu novo líder. Não houve menção sobre a localização de Kabore. O presidente não é visto desde domingo (23), dia em que os combates começaram em torno do palácio presidencial na capital do país, Ouagadougou. Um dos líderes do golpe disse a CNN Brasil que o presidente assinou sua demissão e está a ser mantido em um “lugar seguro”.

Fonte: CNN Brasil. Data: 25 de janeiro de 2022

Link para acesso: https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/em-golpe-militares-de-burkina-faso-detem-presidente-e-fecham-fronteiras/ 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.