Clipping África Ocidental #111

Golpe de Estado em Burkina Faso: o país suspenso da CEDEAO.

Localização de Burquina Fasso • Burquina Faso
Localização Burkina Faso.

Por Izabella Burjaily Lizardo.

A tomada do poder de Burkina Faso pelos militares em 24 de janeiro configura o primeiro golpe de Estado de África em 2022. Após a posse do tenente-coronel Paul Henri Sandaogo Damiba, a CEDEAO (Comunidade dos Estados da África Ocidental) manifestou sua desaprovação em uma cúpula virtual. O país da África Ocidental foi suspenso da comunidade, e ainda está sujeito a novas sanções. A cimeira virtual, que durou cerca de três horas, decidiu também enviar uma missão a Ouagadougou no sábado pelos chefes de estado-maior dos exércitos da CEDEAO, a que se seguirá na segunda-feira uma missão ministerial. A Comunidade também exigiu a libertação do Presidente deposto Roch Marc Christian Kaboré e realizará uma nova cimeira a 3 de fevereiro em Accra, desta vez na presença dos Chefes de Estado da região. 

“Cada vez que se dá um golpe, é um retrocesso democrático para o país e para a região” e “a resposta da CEDEAO sempre foi muito firme e muito consistente, é tolerância zero”, disse Jean-Claude Kassi Brou, presidente da Comissão da CEDEAO, em entrevista à Agence France-Presse.

Em Ouagadougou, terça-feira, 25 de janeiro, um homem segura um retrato do tenente-coronel Paul Henri Sandaogo Damiba, que assumiu o poder em Burkina Faso no dia anterior.
Em Ouagadougou, terça-feira, 25 de janeiro, um homem segura um retrato do tenente-coronel Paul Henri Sandaogo Damiba, que assumiu o poder em Burkina Faso no dia anterior. 
SOPHIE GARCIA/AP.

Fonte: Le Monde Afrique. Data: 29 de janeiro de 2022.

Link de acesso: https://www.lemonde.fr/international/article/2022/01/28/coup-d-etat-au-burkina-faso-le-pays-suspendu-de-la-cedeao_6111444_3210.html 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.