Clipping Países Amazônicos #2

Presidente da Guiana recebe comitiva brasileira para tratar das relações bilaterais entre os dois países
 09/05/2022

A reunião ocorrida na Guiana na última sexta-feira (06/05) contou com a participação do governador de Roraima Antonio Denarium e o atual presidente da República Jair Bolsonaro juntamente com o presidente da Guiana Mohamed Irfaan Ali. A pauta principal discutida na reunião entre os dois países foi sobre questões comerciais e econômicas. 

Os dois presidentes reconheceram a importância de obras de infraestrutura que visam ligar as fronteiras entre os dois países, principalmente almejando ampliar fluxos comerciais e entrada de investimentos em cada país. Foi decidido na reunião a criação de um grupo que trabalhará avaliando os benefícios de uma construção de uma estrada rodoviária entre Boa Vista (capital de Roraima) e Georgetown (capital da Guiana) e além disso, o grupo vai trabalhar procurando  possíveis parceiros privados e instituições financeiras que se interessem em financiar e contribuir para esse empreendimento.

Do ponto de vista brasileiro, o chefe do executivo afirmou que pretende ampliar as comunicações feitas entre os dois países nos âmbitos da agricultura, infraestrutura e energia e, ressaltou também, a possibilidade da Petrobras cooperar no extrativismo de óleo e gás natural na Guiana. Da mesma forma, o presidente da Guiana defendeu o mesmo, destacou a importância de um acordo em relação à exploração de óleo e gás natural, bem como, um projeto integrado de desenvolvimento.

Fonte: https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2022/05/09/governador-de-roraima-acompanha-presidente-em-viagem-para-guiana-para-tratar-sobre-relacoes-comerciais.ghtml

Como um cartel de drogas paralisou parte da Colômbia

11/05/2022

A recém extradição de Dairo Antonio Úsuga para os Estados Unidos (conhecido como Otoniel), desencadeou movimentações do Clã do Golfo, organização criminosa do qual ele é líder. Na última quinta-feira (05/05), a organização compartilhou panfletos decretando 4 dias de paralisação armada, sendo assim, os panfletos diziam que estava-se proibido abrir comércios de qualquer natureza e se movimentar por qualquer tipo de transporte, consequentemente, as pessoas que não cumprissem as obrigações sofreriam consequências desfavoráveis. A organização divulgou também que o toque de recolher acabaria dia 09/05 às 00:00. Além do processo judicial que está ocorrendo nos Estados Unidos, Otoniel é acusado de narcotráfico, massacres, sequestros e atos de pedofilia.

A Colômbia já enfrentou toques de recolher anunciados por grupos armados ilegais, contudo, essa ação mais recente possui certas diferenças das antigas anunciadas. Pode-se citar como exemplo, a forma como a paralisação armada afetou fortemente todas as regiões do país, diferentemente das ocorridas anteriormente, já que foi duramente ameaçados os cidadãos que viajavam pelas estradas entre os departamentos (estados).  Os impactos foram refletidos em 11 dos 23 departamentos do país, de acordo com a Jurisdição Especial para a Paz, 178 municípios foram afetados com ações violentas (assassinatos, queima de veículos, morte de policiais e soldados). Posto isto, o que torna essa paralisação armada diferente das outras é o poder que o Clã do Golfo possui de expansão, de armas, e de exercício do terror sobre a população colombiana. 

Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-61416344

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.