Clipping Países Amazônicos #13

Foto: El Diário

Comitiva da Guiana Francesa visita o Porto do Rio de Janeiro em missão comercial

Por Juliana Lima em 12 de abril de 2022

O Grande Porto Marítimo da Guiana Francesa e a Embaixada da França realizaram uma visita diplomática ao Porto do Rio de Janeiro no dia 05 de abril de 2022, com o objetivo de fortalecer os laços comerciais com a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) e as empresas que atuam na região.

Os gestores da Companhia Docas do Rio de Janeiro foram os responsáveis por receberem os visitantes diplomáticos, além de representantes das empresas que exercem funções no porto, como a Petrobrás e a Pier Mauá. Com isso, os responsáveis apresentaram a infraestrutura do local, como os terminais, as operações e os projetos futuros para a infraestrutura e o comércio do porto.

Fonte: LPM News

Disponível em: <https://lpmnews.com/comitiva-da-guiana-francesa-visita-o-porto-do-rio-de-janeiro-em-missao-comercial/>. Acesso em: 12 abr. 2022.

Estados Unidos anunciam apoio ao Suriname em combate às mudanças climáticas

Por Juliana Lima em 12 de abril de 2022

O Suriname foi designado como um dos principais países que enfrentam o aumento do nível do mar devido às mudanças climáticas. Nesse sentido, o SERVIR-Amazônia, um programa conjunto da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e da Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (NASA), realizou uma série de reuniões no Suriname para discutir acerca dos impactos das mudanças climáticas nos país. De acordo com Aaron Jansen, vice-chefe da Missão da Embaixada dos Estados Unidos, “as mudanças climáticas podem impactar a todos, especialmente as pessoas no Caribe, cuja geografia as deixa vulneráveis ​​à mudança do nível do mar”. Por esse motivo, o SERVIR-Amazônia tem o intuito de fortalecer as capacidades do Suriname e facilitar o envolvimento técnico com o governo, universidades, instituições de pesquisa e ONGs.

Fonte: LPM News

Disponível em: <https://lpmnews.com/estados-unidos-anuncia-apoio-ao-suriname-em-combate-as-mudancas-climaticas/>. Acesso em: 12 abr. 2022.

Bolívia justificará ação judicial por água das nascentes de Silala

Por Juliana Lima em 12 de abril de 2022

Roberto Calzadilla, embaixador boliviano na Holanda e agente da Corte Internacional de Justiça (CIJ), anunciou que a Bolívia irá justificar a reconvenção que apresentou em 2018 contra o Chile pelas águas do sistema hídrico do Silala. Segundo Calzadilla, o país está preparado para que o tribunal declare o Silala como um rio internacional.

Em 2016, o Chile processou a Bolívia alegando que as águas do Silala têm sua origem de um rio internacional, e não de uma nascente. Em 2018, a Bolívia apresentou um contra-memorial, neste em que solicitou ao tribunal da CIJ que declarasse a soberania boliviana sobre os canais artificiais e mecanismos de drenagem do sistema hídrico do Silala que se encontram em seu território. Evo Morales declarou que “a Bolívia também protege a integridade de seus recursos hídricos e as zonas úmidas da área de Silala, que por nossa Constituição são de natureza estratégica e pertencem ao povo” e que pedem para que a “reconvenção que sua soberania seja respeitada no âmbito do direito internacional”.

Fonte: El Diario

Disponível em: <https://www.eldiario.net/portal/2022/04/12/bolivia-justificara-contrademanda-por-aguas-de-manantiales-del-silala/>. Acesso em: 12 abr. 2022.

Exxon irá investir R$ 46,1 bi em projeto no mar na Guiana

Por Juliana Lima em 25 de abril de 2022

A Exxon Mobil decidiu investir R$ 46,1 bilhões em um projeto de produção de petróleo na costa da Guiana. É o quarto projeto de produção de petróleo no país, sendo o maior entre eles. A intenção da Exxon é produzir até 1,2 milhão de barris por dia de petróleo e gás até 2027, o que pode alavancar o status econômico da Guiana no contexto regional. 

A Exxon e os parceiros Hess e CNOOC iniciaram os investimentos na Guiana no ano de 2019, e hoje são os principais responsáveis pela produção no país, pois descobriram mais de 10 bilhões de barris de petróleo recuperável. Segundo Liam Mallon, presidente da empresa de upstream da Exxon, o projeto “fornecerá ao mundo outra fonte confiável de energia para atender à demanda futura e garantir uma transição energética segura”.

Fonte: Forbes

Disponível em: <https://forbes.com.br/forbes-money/2022/04/exxon-ira-investir-us10-bi-em-projeto-de-petroleo-no-mar-na-guiana/&gt;. Acesso em: 25 abr. 2022.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.