Clipping Norte da América do Sul #61

Guiana Francesa

LGBT cubanos requerem refúgio na Guiana Francesa

Aproximadamente trinta cubanos foram reportados por atravessaram a fronteira do Suriname até a Guiana Francesa em busca de refúgio. Agora, esse grupo está sem teto, buscando acomodação em Caiena. Parte dessas pessoas fazem parte da comunidade LGBT cubana e saíram desse país para evitar discriminações. No fim de outubro, provavelmente terão seus arquivos avaliados pelo OFPRA (acrônimo francês para Escritório Francês de Proteção a Refugiados e pessoas sem Estado). Assim que forem avaliados e eventualmente aprovados como refugiados, irão receber permissão de residência temporária. Mas enquanto isso não acontece, as autoridades necessitam decidir onde esses indivíduos irão viver.

Fonte:https://www.franceguyane.fr/actualite/societe-social-emploi/l-appel-a-l-aide-des-demandeurs-d-asile-lgbt-cubains-qui-sont-a-la-rue-a-cayenne-472505.php

Data: 02/09/2020. Por Beatriz Morais

Guiana

Guiana elege indígena para vice-presidente do Parlamento

No Mês do Patrimônio Indígena celebrado na Guiana, um indígena foi nomeado como vice-presidente da Assembléia Legislativa. Lenox Shuman disse que trabalhará em defesa dos interesses de todo o país, com especial dedicação para o desenvolvimento do interior da Guiana. O indígena espera que sua histórica nomeação sirva também de inspiração para o seu povo, e que num futuro próximo indígenas ocupem posições mais altas na administração pública da Guiana. 

Fonte: https://www.eldiario.es/agencias/guyana-elige-a-un-indigena-como-vicepresidente-del-parlamento_1_6199313.html

Data: 03/09/2020. Por Kaíza Oliveira

Suriname

VSW não está satisfeito com o anúncio de ajuste da taxa de câmbio

O Banco Central do Suriname (CBvS) anunciou um reajuste na taxa de câmbio para os bancos comerciais, o que deixou a Associação dos Winkeliers do Suriname (VSW) insatisfeita. O presidente da VSW, Raymond Hasnoe, acredita que ocorrerá um aumento desnecessário no preço dos produtos de necessidades vitais, e também afirma que é necessário uma boa comunicação entre os formuladores de política e os atores, visto que o país está vivenciando problemas econômicos crônicos.

Fonte: https://www.srherald.com/suriname/2020/09/03/vsw-niet-blij-met-aangekondigde-koersaanpassing/

Data: 03/09/2020. Por Samara Pires

Venezuela

Venezuela usa pandemia para perseguir opositores, diz ONG

Segundo um relatório divulgado na última sexta (28) pela Human Rights Watch (HRW), ONG defensora dos direitos humanos, a Venezuela vem se utilizando da pandemia para perseguir e deter opositores ao governo. Desde março, o país se encontra em estado de exceção, declarado por Maduro, por conta do coronavírus e, a partir desse momento, o país passou a ser acusado por utilização arbitrária do estado de emergência e por abuso de poder. Nesse cenário, uma das leis enrijecidas foi a “Lei contra o ódio”, que está sendo aplicada contra aqueles – médicos, advogados, defensores de direitos humanos entre outros – que estão utilizando das redes sociais para divulgar informações a respeito do coronavírus que desagradam ao governo.

Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2020/08/venezuela-usa-pandemia-para-perseguir-opositores-diz-ong.shtml

Data: 28/08/2020. Por Juliana Campos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.