Grandes Lagos #87

Fonte da Imagem: Le Monde

PRESIDENTE DE RUANDA, PAUL KAGAME, VISITA TROPAS RUANDESAS EM MISSÃO NO MOÇAMBIQUE

24/10/2021

Por Brunno Victor Freitas Cunha

O presidente ruandês Paul Kagame visitou a província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, para reafirmar a importância da colaboração entre os dois países. Ruanda enviou mais de mil tropas para a província em julho, sendo o primeiro país africano a realizar tal iniciativa, com o objetivo de contribuir com o exército moçambicano no enfrentamento a grupos jihadistas que realizam ataques desde o final de 2017. Durante a visita, Kagame reuniu-se com o presidente moçambicano, Filipe Nyusi, e reafirmou o compromisso de Ruanda com as forças militares moçambicanas, bem como reconheceu os resultados alcançados até então na retomada do controle do território. 

Fonte: Africanews

RUANDA E ZIMBÁBUE ASSINAM CINCO ACORDOS PARA IMPULSIONAR O COMÉRCIO

24/10/2021

Por Brunno Victor Freitas Cunha

Ruanda e Zimbábue assinaram, no dia 28 de setembro, cinco acordos para intensificar o comércio entre os países. Os acordos, assinados pela Federação do Setor Privado de Ruanda e a Confederação das Indústrias do Zimbábue, contemplaram cinco áreas: Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), meio ambiente, agricultura, pecuária e turismo. Após um processo de reformas econômicas para atrair investimentos e liberalizar o comércio, Ruanda aposta na intensificação das relações econômicas com países do continente africano para alcançar suas metas de desenvolvimento: nos últimos 5 anos, as exportações de Ruanda para a África aumentaram cerca de 50%. Os governos de Zimbábue e Ruanda acreditam, também, que os acordos podem intensificar as relações bilaterais futuramente. 

Fonte: The New Times

THEONESTE BAGOSORA, UM DOS PLANEJADORES DO GENOCÍDIO DE RUANDA, MORRE AOS 80 ANOS NO MALI

24/10/2021

Por Brunno Victor Freitas Cunha

Theoneste Bagosora, ex-coronel do exército ruandês, morreu em um hospital no Mali, no dia 25 de setembro de 2021. Bagosora assumiu o cargo de chefe de gabinete do Ministério da Defesa de Ruanda em 1993, passando a exercer o controle dos assuntos militares do país. Após a morte do então presidente de Ruanda, Juvenal Habyarimana, o ex-coronel assumiu os assuntos do Estado e foi denunciado por ter sido o responsável por ordenar e coordenar massacres que ocorreram durante o genocídio. Após o ocorrido, Bagosora fugiu para o Camarões, onde foi preso em 1996 e levado a Arusha, Tanzânia, para ser julgado pelo Tribunal Penal Internacional para Ruanda. O julgamento, que ocorreu entre 2002 e 2007, resultou na sua condenação à prisão perpétua por crimes contra a humanidade, o que foi revertido a 35 anos de prisão após um recurso.

Fonte: The Washington Post

RUANDESA FOI CONDENADA A 15 ANOS DE PRISÃO APÓS CRITICAR O GOVERNO DE RUANDA

24/10/2021

Por Brunno Victor Freitas Cunha

Yvonne Idamange, uma youtuber ruandesa de 42 anos, foi considerada culpada no dia 30 de setembro de “incitar a violência” ao acusar o presidente de Ruanda, Paul Kagame, de estabelecer uma ditadura no país. Em seu canal do Youtube, Idamange, que se apresenta como uma sobrevivente do genocídio, afirmou que o governo ruandês instituiu uma ditadura, instrumentalizou o genocídio de 1994 sem ajudar suficientemente os sobreviventes, e transformou os memoriais do genocídio em atrações turísticas. O tribunal de Kigali a declarou culpada de seis acusações, dentre elas: incitação à violência e à insurreição, denigração de memoriais de genocídio, espalhar boatos e agressão, após ter sido acusada de agredir um policial durante o período em que ficou na prisão. Além da pena foi condenada a pagar cerca de US$2.000. O governo de Kagame já foi denunciado diversas vezes por violações de direitos humanos e por impedir a liberdade de expressão de críticos ao seu governo. Segundo a Human Rights Watch (HRW), pelo menos oito pessoas foram ameaçadas, presas ou condenadas em 2020 por realizar críticas na internet a ações realizadas pelo governo. 

Fonte: Le Monde

ELEIÇÕES LOCAIS SE INICIARAM EM RUANDA APÓS ATRASO DE OITO MESES 

25/10/2021

Por Brunno Victor Freitas Cunha

As eleições governamentais em nível local , que estavam previstas para fevereiro de 2021, se iniciaram no dia 23 de outubro em Ruanda após um atraso de oito meses devido à pandemia da COVID-19. As eleições nos vilarejos são diretas para eleger do Comitê Executivo local e os votos são normalmente contabilizados através da formação de filas atrás dos candidatos, porém para seguir protocolos de distanciamento social a votação foi realizada através de caixas, administradas pela delegação da Comissão Nacional Eleitoral. Posteriormente, serão realizadas eleições nos níveis administrativos das células, previstas para o dia 30 de outubro, eleições indiretas para os setores, no dia 30 de outubro, e níveis distritais e provinciais, no dia 2 de novembro. O anúncio dos resultados estão previstos para o final de novembro. 

Fonte: The New Times

POLÍCIA DE RUANDA PRENDE 13 SUSPEITOS DE CONSPIRAÇÃO DE ATAQUES ‘TERRORISTAS’

25/10/2021

Por Brunno Victor Freitas Cunha

A Polícia Nacional Ruandesa prendeu, no dia 01 de outubro de 2021, 13 pessoas acusadas de conspirar ataques terroristas na capital do país, Kigali. Foram apreendidos materiais para fabricação de explosivos e, segundo informacoes da polícia, o grupo teria ligação com uma suposto grupo terrorista jihadista de origem ugandesa chamado Forças Democráticas Aliadas (ADF), que atua na República Democrática do Congo e o qual acredita-se o Estado Islâmico. As prisões ocorreram em um momento em que tropas ruandesas combatem jihadistas ligados ao Estado Islâmico em Moçambique, na província de Cabo Delgado. 

Fonte: Africa News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.